11/02/2019
A economia circular distingue-se como um modelo focado na manutenção do valor de produtos e materiais durante o maior período de tempo possível no ciclo econômico.

Economia circular pode ajudar países a combater mudanças climáticas

De acordo com o relatório da Circle Economy, grupo apoiado pela ONU Meio Ambiente, aponta que apenas 9% da economia global é circular, o que significa que o planeta reutiliza menos de 10% das 92,8 bilhões de toneladas de minerais, combustíveis fósseis, metais e biomassa usados todos os anos em processos produtivos. Divulgado na terça-feira (22) no Fórum Econômico Mundial, […]
11/02/2019
Catadores fazendo a triagem de materiais recicláveis

Balneário Camboriú recicla apenas 3% de lixo

Centenas de cidades ao redor do mundo consideram-se “lixo zero” por possuírem 100% de coleta e seus moradores separam os lixos orgânicos dos recicláveis. Balneário Camboriú possui coleta convencional e seletiva em 100% da cidade e, para alavancar o resultado na reciclagem, é necessário apenas mudança de hábitos. Hoje a cidade recicla apenas 3% do que seria possível e a […]
08/02/2019

“Olhe para seu lixo”: estratégias utilizadas para tentar reduzir ao máximo a produção de resíduos no dia a dia

Você já pensou o que você joga fora todos os dias? Se não sabe, buscar descobrir essa resposta pode ser o jeito mais fácil de reduzir o lixo de casa. Lauren é uma Nova-iorquina que em 2014 resolveu criar seus próprios posts e então nasceu o “Um ano sem lixo”. “A primeira coisa é olhar que tipo de resíduo eu […]
06/02/2019
Trabalhando com o movimento Break Free From Plastic, o Greenpeace disse ter organizado 239 coletas de plástico em 42 países por todo o mundo, que resultaram na análise de 187 mil peças de lixo plástico.

Gigantes da indústria como Coca-Cola, Pepsi e Nestlé testarão serviço de embalagens retornáveis

Durante o Fórum Econômico Mundial de Davos as empresas como Coca-Cola, Pepsico juntamente com as gigantes Procter & Gamble, Unilever, Nestlé, Danone, Mars Petcare, Mondeléz International e outras empresas da indústria alimentícia e de produtos para casa anunciaram durante o debate sobre a “Transformação da economia do plástico” a promessa de reduzir os resíduos plásticos até 2030. Para isso, as […]
06/02/2019
São mais de 40 tipos de produtos oferecidos sem embalagens nas gôndolas – entre grãos, sementes, cereais, chocolates, chás e frutas desidratadas

Fim das embalagens! Grande rede de supermercados brasileira passa a vender a granel

Ainda não estamos no nível de Berlim ou Paris, onde já existem supermercados 100% sem embalagens, mas estamos dando bons passos rumo ao fim dos descartáveis. O mais recente deles envolve a grande rede de supermercados Pão de Açúcar, que passou a vender a granel. São mais de 40 tipos de produtos oferecidos sem embalagens nas gôndolas – entre grãos, […]

No Dia da Terra, celebrado neste domingo, um alerta demonstra preocupação com o futuro: até 2050, o planeta pode perder 40% da biodiversidade. A constatação é destaque do Primeiro Diagnóstico sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos, elaborado por uma plataforma das Organizações das Nações Unidas (ONU), que reúne pesquisadores de 129 países.

O relatório, que será fundamental para implementação de políticas nacionais, aponta que, cerca de 3,5 mil espécies, de um total de 14 mil, do ecossistema, estão classificadas como alto risco de extinção nas Américas, sendo quase um quarto na América do Sul. “A perda de populações ou espécies pode reduzir as contribuições importantes da natureza para a água, energia e segurança alimentar, meios de subsistência e economias”, destacou o estudo.

Segundo o biólogo Carlos Alfredo Joly, professor da Unicamp, membro da Plataforma Intergovernamental de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (IPBES), que desenvolveu os relatórios, a perda da biodiversidade também significa redução de serviços ecossistêmicos, que afetam diretamente na qualidade de vida das pessoas.

“Precisamos reverter este quadro, não só com mudanças políticas, mas também com mudanças de comportamento. Sendo assim, torna-se cada vez mais importante celebrar o Dia da Terra”, disse Joly, que vai promover hoje, das 15h às 18h, a palestra ‘Extinções brasileiras: o que há de novo’, no Museu do Amanhã. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site www.museudoamanha.org.br.

O levantamento detalha ainda as ameaças e reduções da biodiversidade nas Américas. De 2014 a 2015, aproximadamente 1,5 milhões de hectares das grandes planícies foram perdidos. A mudança climática induzida pelo homem, incluindo a produção e combustão de combustíveis fósseis, é destacada como um dos principais motivos de impacto negativo na natureza, como a degradação do habitat.

Mas há um fator, apontado no relatório, que traz um sopro de esperança: entre 1970 e 2010 houve um aumento de 17% nas ‘áreas-chaves para biodiversidade’, embora menos de 20% destas ainda estejam protegidas. Outro importante achado foi o reconhecimento das terras indígenas como um instrumento poderoso para proteger a natureza. De acordo com a pesquisa, os povos indígenas continuando criando uma diversidade de sistemas policultivos e agroflorestais, que possibilita o aumento da biodiversidade e o manejo das paisagens de forma sustentável.

Restauração é alternativa

Para conter o declínio da biodiversidade, projetos de restauração são opções de políticas públicas, de acordo com o Sumário para Tomadores de Decisão referente ao Diagnóstico Regional das Américas sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos, destacado pela Plataforma Brasileira de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos.

Embora a restauração ecológica possa acelerar a recuperação do ecossistema, os custos iniciais podem ser significativos, a reversão completa da degradação é incerta e aspectos não-materiais (como culturais e espirituais) talvez nunca sejam restituídos para alguns povos, como aponta o relatório.

“Políticas são importantes, mas outros fatores têm que ser levado em consideração, principalmente a nossa mudança hábitos no consumo de alimentos, água, vestimentas, madeira e energia. Precisamos consumir de forma mais responsável e sustentável”, destacou Cristiana Seixas, uma das co-coordenadoras do diagnóstico das Américas.

Fonte: O Dia

 

 

Seu evento pode gerar impacto positivo 
e obter redução de custo com a gestão de resíduos.

Saiba como, aplicando os princípios do movimento Sou Resíduo Zero

01/05/2018

Levantamento da ONU mostra que 40% da biodiversidade do planeta está em perigo

No Dia da Terra, celebrado neste domingo, um alerta demonstra preocupação com o futuro: até 2050, o planeta pode perder 40% da biodiversidade. A constatação é destaque do Primeiro Diagnóstico sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos, elaborado por uma plataforma das Organizações das Nações Unidas (ONU), que reúne pesquisadores de 129 países. O relatório, que será fundamental para implementação de políticas […]
01/05/2018

Por que a China cria 6 bilhões de baratas por ano em uma fazenda tecnológica

Direito de imagemGETTY IMAGESImage captionAs baratas são criadas em uma fazenda operada por uma indústria farmacêutica As baratas podem ser insetos desagradáveis para muitas pessoas, mas, para a indústria chinesa, são uma oportunidade de negócio, devido às suas supostas propriedades medicinais. Já faz tempo que as baratas são criadas para consumo humano em alguns países – na China e em […]
01/05/2018

Cão abandonado por ser ‘feio’ é adotado e tem mudança de comportamento inacreditável

Beaux Tox é um Labrador Retriever que nasceu com uma deformidade facial e viveu uma vida de constante rejeição e negligência, até encontrar Jamie Hulit, sua alma gêmea. Beaux nasceu com características únicas, resultado de ter sido esmagado no ventre de sua mãe quando ela estava grávida de mais seis filhotes. “Ele simplesmente foi empurrado para fora do caminho e formou como […]
16/04/2018

Chapada dos Veadeiros – antes e depois do maior incêndio de sua história

Brigadistas caminham em área queimada pelo fogo. Em relatório obtido pela National Geographic, o ICMBio aponta algumas características que indicam que o incêndio foi criminoso e resultado de ameaças feitas por fazendeiros durante as consultas públicas que visavam a ampliação do parque em 2015. FOTO DE VICTOR MORIYAMA Em outubro de 2017, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, […]