25/07/2018

Está tudo errado! Fotógrafos da National Geographic clicam animais convivendo com plástico em seus habitats naturais

O bicho homem segue poluindo o planeta como se nada fosse. Para quem acha que um cotonete jogado privada abaixo, uma latinha de cerveja deixada na praia ou uma sacolinha plástica voando pela cidade não têm grandes consequências, reunimos oito cliques feitos ao redor do mundo pro fotógrafos da National Geographic que denunciam a presença de lixo plástico (produzido por nós, vale lembrar!) em habitats naturais bastante remotos. Confira abaixo (e clique para […]
25/07/2018

Defesa da energia térmica apoia-se em paradigmas do passado

É visível o esforço do Brasil na direção de uma matriz elétrica mais limpa: renováveis convencionais (hidrelétricas) respondem por 66% da geração de energia elétrica e, renováveis não-convencionais (eólica, solar e biomassa), já são 14,3%[1]. Além disso, nos últimos leilões, as não convencionais vêm ganhando enorme importância[2]. Contudo, o Brasil ainda depende de termelétricas a carvão, que possuem grande impacto […]
25/07/2018

Jogadora Marta é nomeada embaixadora da ONU Mulheres

Maior nome do futebol feminino e eleita cinco vezes a melhor jogadora do mundo, Marta Vieira da Silva foi nomeada pela ONU Mulheres Embaixadora da Boa Vontade para mulheres e meninas no esporte. A atacante e camisa 10 da seleção brasileira de futebol feminino vai lutar pela igualdade de gênero e o empoderamento feminino no esporte, em especial no futebol, esporte criado e […]
25/07/2018

Como os edifícios do futuro conservarão a água

À medida que as coisas evoluírem, o mesmo acontecerá com o futuro da conservação da água. 25 de setembro de 2017 25 de setembro de 2017 Tibi Puiu Os resíduos dos aterros recebem uma segunda vida, explodindo-os com plasma mais quente que o sol. Agora é um projeto que amamos! Quando se trata de reciclagem em casa, a cozinha reina suprema. Aqui […]
06/07/2018

Baleia morre após engolir 80 sacolas plásticas em alto-mar

Uma, duas, três, quatro… OITENTA! Mais um animal marinho foi vítima do descaso do bicho homem após ingerir OITENTA (!) sacolas plásticas em alto-mar. A baleia foi encontrada em estado bastante debilitado por autoridades do Ministério da Marinha tailandês, que a encaminharam para cuidados veterinários. Durante o atendimento, o animal chegou a vomitar algumas sacolas plásticas, mas não resistiu. Mais tarde, na necrópsia, biólogos confirmaram a […]

Fonte: Razões para Acreditar

Uma cidade cinza é uma cidade sem vida, deve pensar a dona de casa Helena Tavares, uma artista de mão cheia. Há três anos, ela pinta desenhos de flores nos postes, muros e jardins do bairro Ponte São João, em Jundiaí, no interior de São Paulo.

Helena só não pinta mais porque a cidade é grande, já que vontade não falta. “Isso alegra o coração de todo mundo que passa, principalmente das crianças. E não tem nada mais gratificante do que ouvi-las falando que os desenhos estão bonitos”, disse Helena.

Tudo começou depois que ela pintou o muro e a calçada da sua casa. Os donos de um estabelecimento vizinho adoraram o resultado e perguntaram se ela não toparia colorir seu muro também. Helena ganhou as bisnagas de tinta e mandou ver!

 

Os pincéis da dona Helena não pararam mais desde aquele dia. “Aos domingos minha alegria não é passear e sim poder cuidar do bairro. Enquanto Deus me der forças vou fazer esses trabalhos”, afirma a artista, que ganha todas as tintas.

Esse trabalho incrível ganhou a admiração e o respeito dos moradores do bairro. “Eu nunca vi isso em cidade nenhuma. É um trabalho importante em prol do visual da Ponte São João. Ela revigorou uma praça que estava cheia de lixo. A capacidade dela é incrível”, elogiou o morador Joel Lanza. Outro morador completa: “Ela é muito corajosa e talentosa. Faz trabalhos maravilhosos”.

Mas, dona Helena não domina apenas o uso dos pincéis. Ela toca violão e também canta no coral da Paróquia São João Batista, nos finais de semana. E, além de deixar o bairro mais bonito, ajuda idosos solitários e carentes de atenção.

Lavo louca, roupa e dou atenção para os idosos do bairro. Tem uma senhora de 92 anos que mora aqui perto e ela lembra a minha mãe. Toda semana lavo as roupas dela. E lavo na mão. Não quero saber de tecnologia. Aprendi a lavar em tábua e hoje tenho dois tanques de cimento. Não preciso de mais nada”, finaliza.

Fotos: Fabiano Maia

 

srzz

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo

09/10/2017

Moradora devolve vida a bairro com sua arte em Jundiaí-SP

Fonte: Razões para Acreditar Uma cidade cinza é uma cidade sem vida, deve pensar a dona de casa Helena Tavares, uma artista de mão cheia. Há três anos, ela pinta desenhos de flores nos postes, muros e jardins do bairro Ponte São João, em Jundiaí, no interior de São Paulo. Helena só não pinta mais porque a cidade é grande, já […]
06/10/2017

Carne sustentável do Pantanal ganha protocolo de certificação

Fonte: WWF A Associação Brasileira de Produtores Orgânicos (ABPO), com apoio do WWF-Brasil, deu mais um passo para conservar o Pantanal e entregar aos consumidores uma carne bovina sem resíduos químicos e obtida com responsabilidade social e ambiental. O “Protocolo de Carne Sustentável”, lançado no dia 3 de outubro em são Paulo, inova ao ser o primeiro do país a inserir […]
03/10/2017

Após sofrer bullying de colegas por amar insetos, menina de 8 anos publica artigo científico

Fonte: RazoesParaAcreditar Sophia Spencer, de 8 anos, é apaixonada por insetos, mas sofria gozações dos colegas da escola pelo seu gosto peculiar. Mas, isso ficou no passado, já que a menina acaba de publicar um artigo científico sobre esses bichinhos, com a ajuda do pesquisador Morgan Jackson e da Sociedade Entomológica do Canadá. Isso foi possível depois que sua mãe enviou uma […]
03/10/2017

Cidadãos de SP têm direito a mudas de árvores gratuitas. Saiba onde retirar as suas!

Fonte: Thegreenestpost Mudas de ipê, manacá e jabuticabeira agora são distribuídas gratuitamente à população em três diferentes pontos de São Paulo: Parque Ibirapuera, na Vila Mariana, Parque do Carmo, em Itaquera, e Centro Municipal de Campismo, em Cotia. Cada cidadão tem direito a cinco espécies, de diferentes árvores. Para conseguir as mudas, é preciso preencher um formulário na hora da […]