18/02/2019
Bar de São Paulo substitui canudo de plástico por macarrão

Bar de São Paulo substitui canudo de plástico por macarrão

A discussão sobre os riscos do uso de canudinhos de plástico para o meio ambiente já provocou mudanças em bares da capital paulista. O item ainda é permitido na cidade de São Paulo, mas tanto a Câmara Municipal quanto a Assembleia Legislativa (Alesp) analisam projetos que preveem vetá-lo. Em Perdizes, Zona Oeste de São Paulo, um bar decidiu substituir os […]
18/02/2019
Panorama da Tailandia

Tailândia enfrenta difícil caminho para deixar dependência de plástico

Todas as manhãs, milhares de pessoas caminham para o trabalho com suas marmitas de plástico e copos descartáveis de café e chá na Tailândia, um dos países do mundo que mais descarta resíduos plásticos no mar. Diante da gravidade do problema, o governo tailandês planeja eliminar as sacolas plásticas mais finas e de uso único em 2022 e, três anos […]
15/02/2019

Carnauol 2019 é mais um evento Sou Resíduo Zero

Já fazendo parte do tradicional calendário de Carnaval em São Paulo, o CarnaUol chega a sua 6ª edição com grandes nomes da música prontos para agitar o começo das festividades da cidade. Este ano, o Grito Oficial de Carnaval da capital irá ocorrer no palco da festa, em uma parceria com a Liga das Escolas de Samba de São Paulo. Com expectativa de reunir mais […]
14/02/2019
Cidade da Malásia se torna depósito de lixo do mundo

Cidade da Malásia se torna depósito de lixo do mundo

Em 2017 a China havia proibido a importação de resíduos plásticos. Só naquele ano haviam sido enviados sete milhões de toneladas de resíduos e muitos ambientalistas consideraram uma vitória quando a China reprimiu a prática. Mas sem ter pra onde ir, a maior parte do resíduos plástico, oriundo principalmente do Reino Unido, EUA e Japão, foi simplesmente encaminhada para outro […]
11/02/2019
Mar de plástico

WWF lança petição para exigir aos líderes mundiais ”prioridade máxima” no combate aos plásticos

A página da Associação Natureza Portugal, parceira da World Wide Fund for Nature (WWF) lançou hoje uma petição online como a primeira fase da campanha global “Zero Plásticos na Natureza”. A petição vem no sentido de dar “prioridade máxima” em travar o fluxo de plástico que chega aos oceanos. É com esta urgência que WWF se vai dirigir aos líderes […]

Uma das discussões do Fórum Econômico Mundial, que aconteceu em Davos em Janeiro deste ano, foi sobre o futuro do trabalho. Acompanhando o tema em diversas palestras que já vimos sobre o futuro, já tínhamos a informação de pesquisas que estimam que 65% das crianças na escola possivelmente terão profissões que não existem nos dias atuais.

Uma equipe de profissionais acompanhou os painéis em Davos observando as discussões sobre o tema e então, imaginaram e desenvolveram o conceito de 6 profissões do futuro. O renomado artista francês Florian de Gesincourt, em parceria com a agência digital AKQA, o estúdio Happy Finish, e o Misk Global Forum,  transformou os conceitos abstratos em ilustrações.

1.Reciclador de Aterros

A foto em destaque no título desta matéria representa este profissional. Diante da situação de sobrecarga dos aterros sanitários em todo o mundo, essa profissão não nos surpreendeu. Mas continuamos acreditando e trabalhando para conscientizar pessoas e empresas a reduzir a quantidade de lixo gerado, repensando o fluxo de materiais utilizados e fazendo uma gestão de resíduos inteligente.

2.Eticista de tecnologias públicas

Ilustração de Florian de Gesincourg - Futuro do Trabalho - WEF - publico (Foto: Divulgação)

(Foto: divulgação)

Pautado em princípios éticos o profissional tem o papel de avaliar se uma tecnologia será boa para uso público.

3.Operador de impressora 3D

Ilustração de Florian de Gesincourg - Futuro do Trabalho - WEF - construção (Foto: Divulgação)

(Foto: divulgação)

Espera-se que a tecnologia das impressoras 3D avance e atinja produções de estruturas de grande porte, que serão usadas em construções civis, por exemplo. Esse profissional deverá ser capaz de operar tais impressoras.

4.Cirurgião remoto robotizado

Ilustração de Florian de Gesincourg - Futuro do Trabalho - WEF - robo (Foto: Divulgação)

(Foto: divulgação)

Hoje robôs já fazem pequenas cirurgias sendo comandados a distância por seres humanos, em áreas de guerra, por exemplo. Em 20 anos robôs poderiam fazer isso em larga escala, sendo comandados por médicos através de conexões 5G.

5.Conservacionista de identidade nacional

Ilustração de Florian de Gesincourg - Futuro do Trabalho - WEF - monumentos (Foto: Divulgação)

(Foto: divulgação)

Preservar a história nacional, usando de recursos tecnológicos como realidade virtual será uma das responsabilidades desse profissional.

6.Engenheiro de Blockchain

Ilustração de Florian de Gesincourg - Futuro do Trabalho - WEF - blockchain (Foto: Divulgação)

(Foto: divulgação)

A tecnologia disruptiva do blockchain terá profissionais dedicados para aumentar sua infraestrutura.

Segundo Peter Sondergaard, VP da Gartner Insights, em 10 anos os trabalhos exigirão mais inteligência, análise e  criatividade, e o que é repetitivo será feito por máquinas. Tais mudanças já estão exigindo novos modelos de aprendizagem e desenvolvimento assim como a criação de locais de trabalho híbridos que combinam tecnologia e informação para receber equipes multifuncionais.

Fonte: Gartner e Época Negócios

 

Seu evento pode gerar impacto positivo
e obter redução de custo com a gestão de resíduos.

Saiba como, aplicando os princípios do movimento Sou Resíduo Zero

 

 

20/02/2018

Reciclador de aterros será profissão do futuro

Uma das discussões do Fórum Econômico Mundial, que aconteceu em Davos em Janeiro deste ano, foi sobre o futuro do trabalho. Acompanhando o tema em diversas palestras que já vimos sobre o futuro, já tínhamos a informação de pesquisas que estimam que 65% das crianças na escola possivelmente terão profissões que não existem nos dias atuais. Uma equipe de profissionais […]
05/04/2017

Pesquisa da Embrapa identifica microalgas que geram biocombustíveis

Fonte: Heloisa Cristaldo – Repórter da Agência Brasil Pesquisa de biocombustíveis realizada em Brasília pela Embrapa Agroenergia identificou espécies de microalgas que podem ser cultivadas em resíduos líquidos de processamento em agroindústrias, gerando matéria-prima renovável. Além dos combustíveis, podem ser gerados, entre outros produtos, rações e cosméticos. Os estudos duraram três anos e também identificaram espécies na biodiversidade brasileira. Os estudos […]
04/09/2015

Série de esculturas coloridas mostra o que está acontecendo com o plástico que jogamos fora

Série de esculturas coloridas mostra o que está acontecendo com o plástico que jogamos fora Fonte: Hypeness O artista multimídia Alejandro Durán nasceu na Cidade do México e vive no Brooklyn, em Nova York (EUA). Uma temática bastante retratada em seus trabalhos é a intervenção humana na natureza, como essa série de esculturas que ele criou e fotografou, num projeto […]
02/09/2015

O LADO NEGRO DO MERCADO DE RESÍDUOS ELÉCTRICOS E ELETRÔNICOS

O LADO NEGRO DO MERCADO DE RESÍDUOS ELÉCTRICOS E ELETRÔNICOS Fonte: Green Savers O volume de aparelhos eléctricos e electrónicos incorrectamente geridos na Europa (4,7 milhões de toneladas) é dez vezes maior do que o dos resíduos electrónicos exportados para outros países sem documentação (400.000 toneladas), de acordo com uma investigação de dois anos sobre o funcionamento do mercado de […]