11/12/2019

Chilenos criam sacolas que se dissolvem na água

Com uma pequena mudança na fórmula da sacola plástica original, um grupo de pesquisadores do Chile conseguiu desenvolver um produto, reutilizável, que se dissolve na água. A dupla de pesquisadores Roberto Astete e Cristian Olivares, estava pesquisando formas de desenvolver um detergente biodegradável, quando acabou encontrando uma fórmula que permite criar sacolas como as de plástico, mas que se dissolvem […]
11/12/2019

Caminhões vão usar biogás do lixo que coletam no Canadá

Todos os caminhões de lixo de Toronto, no Canadá, vão ser movidos pelo biogás produzido a partir do próprio lixo que eles coletam. Toronto deve ser uma das primeiras cidades da América do Norte a lançar essa iniciativa, graças à recém-construída instalação de gerenciamento de resíduos sólidos da Dufferin. A partir de março de 2020, a frota de caminhões de […]
11/12/2019

Bioplástico de seda de aranhas e madeira vira alternativa ao plástico comum

Pesquisadores da Universidade Aalto e do Centro de Pesquisas Tecnológicas VTT, ambos situados na Finlândia, estão trabalhando no desenvolvimento de uma alterativa para, no futuro, substituir os plásticos produzidos a partir do petróleo ou carbono. Trata-se de um novo material feito de uma mistura de seda de aranhas e fibras de madeira que, além de ser extensível e tão ou mais forte […]
11/12/2019

O que os países vêm fazendo para conter o desperdício de alimentos

Um estudo da FAO diz que se apenas 25% dos alimentos desperdiçados no mundo pudessem ser ‘salvos’ e redistribuídos, seria possível alimentar mais de 870 milhões de pessoas. De acordo com a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), cerca de um terço dos alimentos produzidos no mundo não são consumidos. Isso equivale a aproximadamente 1,3 bilhão de […]
10/12/2019

Alunos coletam e trocam materiais recicláveis por ‘dinheiro’ em escolas de Ibirá

Batizada de ‘ibirazinho real’, ‘moeda’ local é aceita em lojinhas dentro de escolas municipais e conscientiza estudantes sobre o lixo.  A iniciativa de um professor da rede pública municipal está rendendo bons dividendos ambientais para os 10,9 mil habitantes de Ibirá, no interior de São Paulo. Ele idealizou uma “moeda” local que os 1.200 alunos das três escolas da cidade […]

Com uma pequena mudança na fórmula da sacola plástica original, um grupo de pesquisadores do Chile conseguiu desenvolver um produto, reutilizável, que se dissolve na água.

A dupla de pesquisadores Roberto Astete e Cristian Olivares, estava pesquisando formas de desenvolver um detergente biodegradável, quando acabou encontrando uma fórmula que permite criar
sacolas como as de plástico, mas que se dissolvem facilmente na água. Eles esperam começar a comercialização do material no Chile, em outubro deste ano.

A fórmula química encontrada foi à base de PVA (álcool polivinílico, solúvel em água) além de outros componentes aprovados pelo FDA (órgão dos EUA para a regulamentação de alimentos, medicamentos, cosméticos, dispositivos médicos, produtos biológicos e hemoderivados) e uma pedra calcária, usada em substituição ao petróleo.

Existe ainda a possibilidade em usar o material para produzir tecidos solúveis, que podem ser usados para fazer ecobags ??ou produtos hospitalares, como os protetores das macas, máscaras, camisolas e aventais hospitalares, que geralmente são de uso único. Neste caso, o tecido seria dissolvido em água fervente, sem deixar resíduos contaminantes.

A resistência da matéria-prima, segundo os pesquisadores, permitiria também a fabricação de materiais mais resistentes como talheres, pratos e outros recipientes.

Perguntados sobre a resistência do produto em dias de chuva, os empresários informaram que é possível programar a temperatura na qual o plástico se dissolve. Outra vantagem deste material, é que ele é antiasfixia, uma relevante causa de mortalidade infantil, uma vez que se desfaz em contato com a língua ou com lágrimas.

A iniciativa rendeu a eles o prêmio SingularityU Chile Summit 2018, que lhes garantiu um estágio noVale do Silício, na Califórnia.

Fonte: Pensamento Verde

11/12/2019

Chilenos criam sacolas que se dissolvem na água

Com uma pequena mudança na fórmula da sacola plástica original, um grupo de pesquisadores do Chile conseguiu desenvolver um produto, reutilizável, que se dissolve na água. A dupla de pesquisadores Roberto Astete e Cristian Olivares, estava pesquisando formas de desenvolver um detergente biodegradável, quando acabou encontrando uma fórmula que permite criar sacolas como as de plástico, mas que se dissolvem […]
11/12/2019

Caminhões vão usar biogás do lixo que coletam no Canadá

Todos os caminhões de lixo de Toronto, no Canadá, vão ser movidos pelo biogás produzido a partir do próprio lixo que eles coletam. Toronto deve ser uma das primeiras cidades da América do Norte a lançar essa iniciativa, graças à recém-construída instalação de gerenciamento de resíduos sólidos da Dufferin. A partir de março de 2020, a frota de caminhões de […]
11/12/2019

Bioplástico de seda de aranhas e madeira vira alternativa ao plástico comum

Pesquisadores da Universidade Aalto e do Centro de Pesquisas Tecnológicas VTT, ambos situados na Finlândia, estão trabalhando no desenvolvimento de uma alterativa para, no futuro, substituir os plásticos produzidos a partir do petróleo ou carbono. Trata-se de um novo material feito de uma mistura de seda de aranhas e fibras de madeira que, além de ser extensível e tão ou mais forte […]
11/12/2019

O que os países vêm fazendo para conter o desperdício de alimentos

Um estudo da FAO diz que se apenas 25% dos alimentos desperdiçados no mundo pudessem ser ‘salvos’ e redistribuídos, seria possível alimentar mais de 870 milhões de pessoas. De acordo com a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), cerca de um terço dos alimentos produzidos no mundo não são consumidos. Isso equivale a aproximadamente 1,3 bilhão de […]