15/07/2019
A era do descartável: seu lixo diz muito sobre você!

A era do descartável: seu lixo diz muito sobre você!

Imagine se um dia todos os lixeiros de sua cidade decidirem não trabalhar. O caos será generalizado, se a greve se prolongar e, talvez só assim, esses profissionais serão valorizados pela população. O serviço social da limpeza urbana é imensurável: trata-se de saúde, segurança e conforto público. De uns anos para cá, o poder aquisitivo das famílias brasileiras tem aumentado. […]
15/07/2019
Em guerra contra o plástico, França resgata devolução de garrafas

Em guerra contra o plástico, França resgata devolução de garrafas

A França tenta recuperar o atraso na reciclagem de lixo em relação aos vizinhos europeus, e lançou uma guerra contra os plásticos. Uma série de medidas contra o desperdício e para estimular a economia circular foi apresentada pelo governo. Os produtos plásticos de uso único serão proibidos em 2020, as fabricantes terão de pagar mais pelo lixo que colocam no […]
15/07/2019
Especialistas defendem a adoção de múltiplas estratégias para enfrentar a poluição causada pelos plásticos

Reutilizar, substituir, degradar

Os plásticos estão na mira das autoridades. Leis que restringem sua fabricação ou comercialização já são adotadas por dezenas de países. O banimento de produtos de uso único, como canudos, copos e embalagens, responsáveis pela maior parte dos resíduos que se acumulam na natureza, já é realidade em 27 nações – algumas cidades brasileiras também adotam a medida –, enquanto […]
08/07/2019

Uma nova tecnologia para desmantelar o maior “lixão” de plástico do Pacífico

Durante sua instalação em San Francisco, parecia uma serpente marinha gigante. Mas é uma obra de engenharia realizada para reduzir pela metade, em cinco anos, o enorme lixão oceânico de plástico chamado Great Pacific Garbage Patch (O grande remendo de lixo do Pacífico, em tradução livre). O projeto, desenvolvido pela fundação holandesa The Ocean Cleanup durante os últimos cinco anos, […]
08/07/2019
Catador de recicláveis no lixão da Vila Princesa.

Vila Princesa, a favela onde 400 famílias vivem do lixo

Diego Cristo de Araújo, 12, volta da escola por volta do meio dia. Assim que chega em casa ele almoça e já começa a se preparar. Calça galochas plásticas e veste calça, um casaco antigo e luvas grossas. Então o jovem, que sonha em se alistar no Exército e ser soldado, caminha alguns minutos por ruas de terra até chegar […]

Separar o lixo reciclável é um hábito estimulado constantemente por meio de campanhas. Mas como e por que separar o lixo para a coleta seletiva? A resposta é simples: além de reduzir o impacto no meio ambiente, a reciclagem diminui as retiradas de matéria-prima da natureza, gera economia de água e energia.

Como a preservação do meio ambiente começa com pequenas atitudes diárias, UM®, o primeiro Smartclean do mundo que substitui pelo menos 20 produtos de limpeza convencionais, explica como é fácil fazer a separação do lixo reciclável e como identificar o que é lixo reciclável.

O que é lixo?

Resíduos gerados pelas atividades humanas ou pela natureza em aglomerações urbanas. O lixo orgânico é composto pelos resíduos que têm origem animal ou vegetal, como cascas de frutas e legumes. Já o lixo inorgânico é aquele produzido pelo homem, que não tem origem biológica, como os plásticos, vidros, entre outros. O lixo eletrônico é todo resíduo material produzido pelo descarte de equipamentos eletrônicos.

O que é reciclável?

Resíduos descartados que podem retornar à cadeia produtiva para virar o mesmo produto ou produtos diferentes dos originais, como a maioria dos papéis, vidros e plásticos, papelão e alumínio. Estes podem ser separados e entregues à coleta seletiva. Já o lixo eletrônico pode ser reciclado, após triagem, e deve ser descartado em pontos específicos com essa finalidade.

Garrafas de vidro são exemplo de material reciclável (Foto: Pixabay/Divulgação)

O que não é reciclável?

Materiais como: papel-carbono, etiqueta adesiva, fita crepe, guardanapos, fotografias, filtro de cigarros, papéis sujos, papéis sanitários, copos de papel, cabos de panela e tomadas, clipes, grampos, esponjas de aço, canos, espelhos, cristais, cerâmicas, porcelana, pilhas e baterias de celular.

Materiais não recicláveis, como pilhas, baterias, lâmpadas incandescentes e fluorescentes, óleo de cozinha, entre outros, devem ser descartados em locais apropriados, senão prejudicam o meio ambiente. Para se informar sobre os pontos, é importante entrar em contato com a prefeitura municipal, fabricantes dos produtos e outros órgãos relacionados.

Como separar o lixo?

  • Nunca misture o material reciclável e orgânico;
  • Coloque os plásticos, vidros, metais e papéis em sacos diferentes;
  • Lave e seque as embalagens que continham produtos orgânicos antes do descarte;
  • Não amasse e nem molhe os papéis. Ao invés disso, dobre-os dentro do saco, diminuindo bastante o volume;
  • Vidros quebrados e materiais cortantes devem ser enrolados em jornal ou colocados em uma caixa para evitar acidentes;
  • Não coloque garrafas e frascos com vidros planos;
  • Desmonte as embalagens mistas, separando as partes de metal, plástico e vidro, por exemplo, e distribua nos sacos corretos.

Por substituir diversos produtos de limpeza convencionais, UM® reduz 90% do lixo doméstico gerado por esses materiais. Suas embalagens vazias ainda podem ser reutilizadas para diluir o UM®, de acordo com a necessidade, deixando-o pronto para o uso.

A redução do número de embalagens impacta diretamente na preservação dos recursos naturais, pois para produzir um quilo de plástico são consumidos 182 litros de água. E mais: os frascos e caixas do UM® são fabricados com 85% de material reciclado.

Acesse o site www.troquetodosporum.com.br e fique por dentro das novidades dessa revolução no mercado da limpeza.

14/05/2018

Saiba quais materiais vão para a reciclagem e como separar o lixo reciclável

Separar o lixo reciclável é um hábito estimulado constantemente por meio de campanhas. Mas como e por que separar o lixo para a coleta seletiva? A resposta é simples: além de reduzir o impacto no meio ambiente, a reciclagem diminui as retiradas de matéria-prima da natureza, gera economia de água e energia. Como a preservação do meio ambiente começa com pequenas atitudes diárias, UM®, […]
14/05/2018

Pesquisas sobre o bem-estar animal rendem prêmio a professor da USP

O Brasil está entre os cinco países contemplados no segundo Prêmio de Bem-estar Animal da Associação Mundial de Veterinária (WVA, em inglês), homenagem que reconhece médicos veterinários que dedicam sua carreira a proteger o bem-estar de animais no mundo. Entre os premiados está o professor Adroaldo José Zanella, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnica (FMVZ) da USP, em São Paulo.    O […]
14/05/2018

Sacola plástica é encontrada a 11 mil metros, no fundo do mar

A Fossa das Marianas fica nas fronteiras entre as placas tectônicas do Pacífico e das Filipinas. Com mais de 11 mil metros de profundidade, o local é conhecido por ser o ponto mais profundo dos oceanos. Agora se você achava que esta grande distância da superfície terrestre livraria a Fossa das Marianas da poluição gerada pelo homem se enganou. Recentemente o National […]
14/05/2018

Contribuição humana para as mudanças climáticas é inegável, avaliam cientistas

A temperatura média da Terra aumentou 1,02 ºC desde o século XIX e pode subir até quase 5 oC até o fim deste século, apontam estudos publicados nos últimos anos. A contribuição humana para o aumento da temperatura terrestre, por meio do aumento das emissões de gases de efeito estufa pela queima de combustíveis fósseis e o desmatamento, entre outras ações, […]