Como funciona uma operação de gestão sustentável de resíduos?
15/06/2020
Qual a diferença entre gestão e gerenciamento de resíduos sólidos?
03/07/2020

Lei que combate o desperdício de alimentos é aprovada

No dia 23 de junho de 2020 foi aprovada a Lei 14.016 que dispõe sobre o combate ao desperdício de alimentos e a doação de excedentes de alimentos para o consumo humano.

A Lei trás um grande avanço para o combate a fome e a geração de resíduos. Restaurantes e outros estabelecimentos que tem excedentes só serão responsabilizados caso seja comprovada má fé.

Já conhecemos os R’s da sustentabilidade e sua ordem de prioridade: não gerar, recusar, reduzir, reutilizar e reciclar. Quando falamos de prioridades na cadeia de resíduos orgânicos estamos falando de direcionar excedentes para alimentação humana, alimentação animal e só depois entra a compostagem como solução.

Reduza seu desperdício em casa: saiba como reciclar orgânicos com a compostagem doméstica

A Lei 14.016 portanto incentiva a prática da doação desde que o alimento esteja em bom estado:

  • dentro do prazo de validade e nas condições de conservação especificadas pelo fabricante;
  • não tenham comprometidas sua integridade e a segurança sanitária, mesmo que haja danos à sua embalagem;
  • tenham mantidas suas propriedades nutricionais e a segurança sanitária, ainda que tenham sofrido dano parcial ou apresentem aspecto comercialmente indesejável.

Leia na íntegra: LEI Nº 14.016, DE 23 DE JUNHO DE 2020

Saiba mais: A legislação que regulamenta compostagem no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + 1 =