Série Compostagem: legislação
05/05/2020
O que é compostagem institucional?
08/05/2020

Série compostagem: compostagem em eventos

Existem eventos de todos os tipos. Desde um picnic com amigos mais chegados no parque até mega convenções que são planejadas ao longo de um ano estamos constantemente buscando formas de compartilhar tempo de qualidade em conjunto. Marcamos a data, horário e local e esperamos ansiosamente pela ocasião. O evento acontece e quando termina pouca gente presta atençã na quantidade e na composição dos resíduos gerados.

Quase todo o resíduo gerado em eventos é passível de recuperação. Mas o que normalmente acontece é o envio para o aterro sanitário sem segregação, ou seja sem aproveitar o potencial dos materiais encerrando a vida útil de cada um deles. Mas existem possibilidades de virar esse jogo. Fazer um evento sustentável é mais fácil do que se imagina.

Os materiais recicláveis são os primeiros a serem recuperados, já que existem um setor industrial que recebe o material e faz ele circular novamente pela cadeia produtiva. Nesse caso metais, plásticos, papeis e vidros tem valor comercial então é economicamente viável recupera-los. Inclusive é fonte de renda pra muita gente… você já deve ter visto catadores recolhendo latinhas enquanto o evento acontece. Isso acontece porque o alumínio tem mais maior valor comercial, mas todos os outros materiais também podem e devem circular na economia. É só uma questão de planejamento.

Realizar a triagem dos materiais no próprio local do evento, aumenta muito a eficiência da separação, garantindo que um volume maior de material seja destinado para a reciclagem, e somente o que é considerado rejeito seja enviado para o aterro sanitário.

Quando apenas 5% do resíduo gerado vai para o aterro sanitário, o evento pode ser considerado como Resíduo Zero, pelo conceito do Movimento Sou Resíduo Zero. Saiba mais sobre como fazer o gerenciamento de resíduos do seu evento ou negócio com o Sou Resíduo Zero. 

Materiais orgânicos também podem ser recuperados e circular na economia. O processo de compostagem transforma a matéria orgânica em adubo. Existem pessoas fazendo compostagem doméstica em casa, empresas fazendo compostagem em larga escala, organizações fazendo compostagem institucional e já existem alguns eventos que realizam compostagem até em centros de exposições! Sim é isso mesmo que você leu, é possível fazer a reciclar resíduos orgânicos no próprio evento!

Separamos alguns cases que deram um show de sustentabilidade e mostraram que é possível reciclar orgânicos em eventos:

Casa Cor 2016

Durante os 192 dias de montagem, realização e desmontagem o evento destinou corretamente 1.924.4000 kg de materiais, quase 90% dos resíduos recicláveis, orgânicos e de construção civil. A longa duração do evento permitiu a instalação da Central de Compostagem que reciclou no próprio local cerca de uma tonelada e meia de resíduos orgânicos.

Net Geo Run 2018

Em comemoração ao Dia Terra, a NAT GEO RUN aconteceu simultaneamente em vários países da América Latina com o intuito de disseminar e conscientizar a importância da sustentabilidade. Durante o evento foi realizada uma oficina de compostagem para mostrar os três tipos de compostagem que estavam sendo aplicadas com os resíduos do evento: minhocário, leiras e pallets. Os participantes levaram para a casa brindes com os dois produtos da compostagem: garrafinhas com biofertilizante líquido e saquinhos com húmus (adubo). Foram compostados aproximadamente 62,5 kg de resíduos orgânicos.

Dá uma olhada nessas e outras ações contra as mudanças climáticas…

Apas Show 2019

Pelo quinto ano consecutivo, a feira de negócios reiterou seu compromisso com o meio ambiente obtendo o certificado Sou Resíduo Zero. Nessa edição a APAS Show contou com uma Central de Compostagem com duas leiras e um equipamento elétrico. Os dois modelos permitiram que parte dos resíduos orgânicos gerados iniciassem o processo no próprio local. Cerca de 314 kg de matéria orgânica foi transformada em adubo de qualidade.

Pronto, agora que você já sabe como reciclar resíduos orgânicos que tal colocar em prática nos próximos eventos? Aproveite e de uma olhada em outras dicas de como tornar seu evento 100% sustentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 4 =