Produtor no Paraná abastece carro com biocombustível feito de dejetos animais
10/10/2016
FAO divulga iniciativas brasileiras de combate a fome e pobreza para países lusófonos
11/10/2016

Grupo se une para espalhar secretamente enxertos de árvores frutíferas pelas cidades

Fonte: Somos Verdes

Uma grande parcela de moradores dessas cidades acredita que árvores frutíferas são capazes de realinhar a fauna, trazendo de volta os predadores naturais de insetos e roedores por exemplo. Acreditam ainda que essas árvores são capazes de trazer mais harmonia, beleza e frutos em abundância para as grandes cidades.

Por outro lado, existe uma outra parcela que só de pensar em ver folhas e flores caídas nas calçadas ficam enojadas. Este outro lado tem explicações das mais diversas, como por exemplo, sujeira nas calçadas e garagens, flores que atraem insetos, frutas caídas ao chão que por sua vez mancham as calçadas, entupimento de bueiros e etc.

Este dilema existe desde que começaram a passar cimento e asfalto sob todos os lugares, sobrando assim, poucos espaços com terra para que essas flores e folhas possam se decompor e completar seus ciclos naturais de decomposição e adubação.

Recentemente surgiu um grupo de pessoas intitulado de Guerrilla Grafters que está tentando mudar a megalópole de São Francisco nos EUA e com isso infernizando a vida das autoridades responsáveis pelo cuidado com a flora da cidade. O fato interessante é que estes guerrilheiros ao invés de carregarem armas e balas, estão munidos de pequenos galhos de árvores frutíferas como macieiras e laranjeiras, uma legítima guerra biológica. A técnica utilizada por eles é a enxertia e consiste em enxertar esses pequenos galhos nas diversas árvores frutíferas e ornamentais que estão espalhadas pela cidade.

A ideologia do grupo é driblar o sistema e disponibilizar frutos que possam ser colhidos diretamente do pé, sem ter que pagar por isso. “Com o tempo, deliciosas e nutritivas frutas tornam-se disponíveis aos cidadãos por meio desses enxertos. Nós queremos provar que uma cultura de cuidado pode ser cultivada no solo. Nós queremos transformar as ruas da cidade em florestas de frutas, e desfazer a civilização galho por galho.“

Estima-se que a prefeitura de São Francisco plantou mais de 10.000 árvores frutíferas pela cidade, mas estas árvores são estéreis (incapazes de reproduzir) e o Guerrilla Grafters tem se aproveitado disso, pois com o enxerto estas frutíferas voltam a produzir. Por ser um assunto muito polêmico e que pode gerar conflitos, os enxertos são feitos secretamente.

srzz

 

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − catorze =