24/11/2020

Comércio grande gerador precisa emitir MTR: novo documento eletrônico para gestão de resíduos

Estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços que gerem no território nacional resíduos perigosos e resíduos não perigosos – como sobras de tecidos, papeis e resíduos equiparados aos domésticos, porém em grande quantidade –, deverão emitir, a partir de 1º de janeiro de 2021, o Manifesto de Transporte de Resíduos (MTR). Estas empresas, consideradas grandes geradores, também devem ter Plano […]
09/11/2020
Foto por Cleber Souza para UOL

Lixo invade estação da linha 6-Laranja do metrô; obra se arrasta há 5 anos

“Aqui é um caos. Às vezes eu acho que não vou ver esse metrô pronto nunca”, reclama André do Nascimento, 58, que mora na Brasilândia, zona norte de São Paulo, há 50 anos. O “metrô” a que ele se refere é a Linha 6-Laranja, que começou a ser construída em 2015, mas teve as obras paradas em setembro de 2016, […]
03/11/2020

Pequenas marcas de cosméticos dão exemplo sustentável de ponta a ponta

Desde a escolha da matéria-prima, de fontes renováveis, até a entrega do produto, para garantir destino das embalagens, empreendedores veem alta nas vendas com busca por mais saúde na pandemia Conheça as iniciativas Óleo corporal de calêndula para problemas de pele e inflamações, suavizador vegano de olheiras com alecrim e olíbano, água micelar orgânica com extrato de aloe vera, gel […]
20/10/2020

Os descaminhos do Lixo – Opinião Estadão

Há um grande contingente de pessoas não atendidas por serviços de coleta, e o setor apresenta déficits consideráveis em relação à coleta seletiva, recuperação de materiais e disposição dos resíduos sólidos Nos últimos anos houve uma melhora quantitativa e qualitativa na cobertura de coleta de lixo no Brasil. O avanço, contudo, foi bem menor do que o necessário: há um […]
15/10/2020

Mercado Municipal Kinjo Yamato intitulado como o primeiro Mercado Sustentável da cidade de São Paulo

Sobre o mercado A história do Mercado Municipal Kinjo Yamato tem início no antigo “Mercado Caipira” ou “25 de Março dos produtos hortifrutis”, como era chamado o local antes instalado na Várzea do Parque Dom Pedro e que se tornou conhecido pela comercialização de frutas, legumes e verduras provenientes dos campos onde trabalhavam imigrantes japoneses. Como complemento de renda, esses […]

Fonte: Razões para Acreditar

O gestor ambiental Jonas Lessa, 26, e o biólogo marinho Lucas Corvacho, 29, são amigos de infância. Eles se conheceram na praia de Paúba, em São Sebastião (SP), mas a amizade se fortaleceu em 2012. Em maio de 2013, Jonas começou a trabalhar na empresa do pai de Lucas, que desenvolve e confecciona uniformes.

Foi na empresa do pai de Lucas que a ideia de criar a Retalhar, um negócio social que transforma resíduos de tecidos, como uniformes usados, em matérias-primas para novos produtos, empoderando cooperativas de costureiras, começou a ganhar forma. A Retalhar foi criada em dezembro de 2013, depois que alguns clientes da empresa do pai de Lucas pediram soluções para o descarte de uniformes antigos.

Como os pedidos não paravam de chegar, o nome e a identidade da empresa foram definidos às pressas. O negócio começou a se estruturar, de fato, quando a dupla de empreendedores conheceu a Rede Papel Solidário, um instituto que ajuda iniciativas do terceiro setor a se estruturarem, em janeiro de 2014.

Alguns meses depois, em setembro de 2014, Jonas fez um curso de Responsabilidade e Empreendedorismo Social. Durante o curso, o gestor ambiental conheceu outros empreendedores sociais e desenvolveu um plano de negócios para a Retalhar, que foi premiado com um capital de R$ 20 mil, uma viagem para o Peru pra conhecer outros negócios sociais e incubação da NESst.

Essa experiência foi um divisor de águas na trajetória recente da Retalhar. Desde então, a empresa impediu que cerca de 15,7 toneladas de tecido fossem aterradas ou incineradas. Em outras palavras, isso significa uma economia na emissão de 231,2 toneladas de carbono, principal “vilão” do aquecimento global.

Hoje, o portfolio de clientes da Retalhar conta com empresas de pequeno e grande porte, como a FedEx, TAM, Odebrecht, Leroy Merlin e concessionárias de rodovias paulistas estaduais. Os uniformes dos clientes são transformados em brindes, mantas acústicas e cobertores pelas mãos de 33 costureiras de bairros periféricos de São Paulo. Mais do que oferecer uma solução ambiental para o descarte dos uniformes, numa tacada só, Jonas e Lucas empoderam e melhoram a qualidade de vida dessas mulheres.

Mas, a dupla de empreendedores já planeja alçar novos voos. Eles têm o desejo de um dia desenvolver algo de alta costura a partir de resíduos têxteis, o que seria uma nova fonte de lucro da empresa. Aumentar a margem de lucro, no entanto, não é a principal preocupação da Retalhar, pelo contrário. A vontade de Jonas e Lucas de fazer investimentos na área social da Retaliar é ainda maior. Eles planejam oferecer cursos de aperfeiçoamento para as costureiras parceiras, cursos de gestão para os filhos delas e abrir uma linha de pesquisa ligadas ao negócio, o que vai ajudar a dar ainda mais dignidade a esses trabalhadores. Quanta coisa legal, não é mesmo? 😉

 

srzz

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo

28/11/2017

Amigos reciclam uniformes usados em negócio que empodera costureiras

Fonte: Razões para Acreditar O gestor ambiental Jonas Lessa, 26, e o biólogo marinho Lucas Corvacho, 29, são amigos de infância. Eles se conheceram na praia de Paúba, em São Sebastião (SP), mas a amizade se fortaleceu em 2012. Em maio de 2013, Jonas começou a trabalhar na empresa do pai de Lucas, que desenvolve e confecciona uniformes. Foi na empresa do […]
01/11/2017

Seu smartphone é feito de forma sustentável? Veja quais são as marcas que menos agridem o meio ambiente

Fonte: thegreenestpost Em praticamente todo lugar, conseguimos ouvir alguém falando sobre a incrível tecnologia dos novos smartphones que a Apple, Samsung, Google e outras marcas vêm criando. Cada vez mais rápidos, poderosos, capazes de tirar fotos incríveis em milissegundos, são aparelhos muito impressionantes. Mas, afinal, o que essas empresas inovadoras estão fazendo para tornar essa tecnologia cada vez mais sustentável? O Greenpeace lançou o Guia dos Eletrônicos […]
25/09/2017

Professor ensina alunos sobre consciência ambiental e amor pelos animais com atividade inspiradora

Fonte: Razões para acreditar Um professor de Geografia ensinou um pouco sobre consciência ambiental para os seus alunos. Ele mostrou a importância da reciclagem para o meio ambiente e para os animais, de uma maneira muito divertida e lúdica. Moises Missao dá aula para duas turmas do 8º ano na Escola Rosa Maria, na cidade de Itu, interior de São Paulo. A […]
28/06/2017

O app que permite comprar restos de restaurantes a preços baixíssimos

Fonte: Hypeness Nós sempre alertamos aqui sobre questões relacionadas ao desperdício de alimentos. E, embora muitas iniciativas estejam lutando contra isso, são poucas as que podem ser acessadas na palma da sua mão. Entre elas estão dois aplicativos inovadores que vendem refeições que não foram servidas em restaurantes – e acabariam no lixo – a um preço bem abaixo do […]