30/04/2021

O que é a NBR 10004/2004?

A Norma Técnica Brasileira 10004/2004 tem por objetivo classificar os resíduos sólidos quanto aos seus riscos potenciais ao meio ambiente e à saúde pública, para que possam ser gerenciados adequadamente. Esta NBR não considera resíduos radioativos, ficando sob responsabilidade da Comissão Nacional de Energia Nuclear. Qual sua importância? O estabelecimento de uma padronização e codificação dos resíduos facilita o gerenciamento […]
26/04/2021

O que é MTR (Manifesto de Transporte de Resíduos)?

O Manifesto de Transporte de Resíduos – MTR é um documento que os geradores de resíduos devem emitir através do Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão de Resíduos Sólidos – SINIR, e estão sujeitos à elaboração da PGRS. O mesmo permite que os resíduos gerados e destinados sejam rastreados. O documento emitido é numerado e deverá acompanhar o transporte […]
15/04/2021

Tudo que você precisa saber sobre Gestão de Resíduos Sólidos

Qualquer tipo de negócio é um potencial gerador de resíduos, uma vez que estamos constantemente utilizando materiais e consumindo alimentos em nossas atividades diárias. Acabar com os impactos negativos da geração de lixo é um desafio e tanto, porém, de alguma forma, essas atividades podem ser mitigadas e gerar impactos positivos de âmbito social, econômico e ambiental. Fazer a gestão […]
31/03/2021

Conheça a IN IBAMA 13/2012

Entre os instrumentos definidos na Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS (Lei 12.305/10), encontramos o Cadastro Nacional de Operadores de Resíduos Perigosos e o Cadastro Técnico Federal de Atividades Potencialmente Poluidoras ou Utilizadoras de Recursos Ambientais. Estes instrumentos estão atribuídos ao SISNAMA – Sistema Nacional do Meio Ambiente – que dispõe como um de seus Órgãos Executores o IBAMA […]
17/02/2021

A inconsciência que degrada, a arte que transforma

Matéria por Ana Rocha O meio ambiente e o resíduo Concordamos que nos últimos 30 anos a humanidade evoluiu em vários aspectos importantes para a nossa sobrevivência. Não podemos dizer que possuímos pouca quantidade de informação sobre como tratar o nosso lixo, já que a internet dispõe de uma tonelada de informações válidas e práticas de como proceder com os nossos […]

Fonte: Pensamento Verde

O programa quer aumenta a coleta de resíduos do estado em algumas toneladas, através da criação de novas cooperativas

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, Alerj, aprovou recentemente um Projeto de Lei que incentiva o trabalho das cooperativas de produtos recicláveis, para estimular o aumento nas coletas de lixo em todo o Estado. A PL 2867/2014 foi apresentada pelo deputado Carlos Minc (PT) e tem como objetivo recompensar as cooperativas através de um pagamento proporcional à quantidade de materiais recolhidos.

O cálculo para a remuneração será realizado anualmente, com base nos valores mínimos estipulados pelo Governo estadual para a coleta, levando-se em consideração as toneladas de recicláveis coletados e os tipos dos materiais. Através da nova determinação, a Alerj declarou que entrará em vigor o programa estadual de Pagamento por Serviços Ambientais de Reciclagem (PSA).

O programa já existe em alguns outros estados brasileiros, e tem como objetivo a formação de novas cooperativas de catadores. A iniciativa é mais uma a valorizar o trabalho dos catadores de materiais recicláveis, que vêm contribuindo imensamente para os avanços sustentáveis da cidade do Rio de janeiro. Desde 2010, uma série de regulamentações foram revisadas e constituídas para melhorar as condições de trabalho dos catadores. A expectativa é de que as mudanças continuem acontecendo.

O modelo adotado no PSA procura alcançar o mesmo sucesso de um outro programa ambiental, o Pagamento por Serviços Ambientais no Reflorestamento, que desde sua criação contribui com milhares de agricultores e donos de propriedades florestais para que recuperem suas matas ciliares.

No PSA apenas as cooperativas receberão o pagamento, enquanto as empresas de coletas não farão parte desta iniciativa. A PL carioca deve entrar em vigência a partir de março.

srzz

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo

26/02/2016

Projeto de lei carioca incentiva o trabalho das cooperativas de produtos recicláveis

Fonte: Pensamento Verde O programa quer aumenta a coleta de resíduos do estado em algumas toneladas, através da criação de novas cooperativas A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, Alerj, aprovou recentemente um Projeto de Lei que incentiva o trabalho das cooperativas de produtos recicláveis, para estimular o aumento nas coletas de lixo em todo o Estado. A […]
30/11/2015

Ministro do Trabalho e Previdência Social reafirma compromisso do governo com catadores de material reciclável

Fonte: EBC Brasil O ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, participou hoje (30) da abertura da 6ª Expo Catadores, feira de negócios e debates organizada pelo Movimento Nacional dos Catadores e Materiais Recicláveis (MNCR) e pela Associação Nacional de Carroceiros e Catadores de Materiais Recicláveis (Ancat), no Palácio das Convenções do Anhembi, zona norte da capital paulista. A […]