A Importância do PGRSS para as Instituições de Saúde
23/03/2020
Resíduos em áreas rurais: peculiaridades e desafios
26/03/2020

‘Na rota do lixo’ alerta para doenças oriundas do armazenamento e descarte incorretos de resíduos

A série “Na rota do lixo”, tem três reportagens que mostraram para onde vão os resíduos, como são tratados e as iniciativas do poder público e privado no setor em Uberlândia.

Mas, além do prejuízo para a cidade, como a má administração do lixo pode prejudicar a saúde individual e pública? Para responder esta questão, conversamos com um infectologista e com o Centro de Controle de Zoonose (CCZ) de Uberlândia.

Segundo o infectologista José Humberto Martins, as bactérias presentes nos resíduos descartados no solo irregularmente podem, eventualmente, causar contaminações na água, por exemplo. Além disso, a forma como o lixo é depositado também pode potencializar o surgimento de vetores de doenças perigosas, não só para quem comporta errado, mas para os vizinhos e a população.

Segundo ele, situações de intoxicação, semelhantes ao fato que ocorreu no Presídio Professor Jacy de Assis, podem ser resultado da proliferação de bactérias no lençol freático por conta do lixo, que gera contaminação da água.

“A consciência do cidadão sempre faz diferença. Descartar o lixo no local correto, utilizar os recursos que o poder público oferece e não deixar acumular em casa”, afirmou.

Conforme coordenadora do Programa de Controle de Roedores e de Animais Peçonhentos do CCZ de Uberlândia, Juliana Junqueira, a Prefeitura monitora a proliferação de roedores com trabalhos em vias públicas para prevenir doenças, como a leptospirose. Além disso, há também o trabalho de prevenção à dengue.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *