Empresa lança garrafa que é biodegradável na água, na areia e até no lixo
Empresa lança garrafa que é biodegradável na água, na areia e até no lixo
01/03/2019
Coreia do Sul proíbe sacolas plásticos em grandes varejistas
Coreia do Sul proíbe sacolas plásticos em grandes varejistas
01/03/2019

No Paraná, município poderá “zerar” conta de energia com uso do biogás

No Paraná, município poderá “zerar” conta de energia com uso do biogás

Uma pequena cidade que conta com pouco mais de 4,2 mil habitantes, mas com mais de 245 mil suínos e 390 mil aves, pode dar um exemplo para o Brasil. O município de Entre Rios do Oeste, em breve, poderá transformar essa grande geração de dejetos animais – e um passivo ambiental preocupante – em produção de energia elétrica por meio do biogás.

Com essa energia, a cidade pretende “zerar” as contas de energia os órgãos municipais e da iluminação pública por meio do biogás local. Inicialmente, 17 propriedades serão responsáveis pela produção de biogás, interligadas por meio de um gasoduto com cerca de 22 quilômetros de extensão.

O investimento de R$ 17 milhões é fruto de recursos de P&D aprovados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O projeto envolve o Parque Tecnológico Itaipu (PTI), a Prefeitura de Entre Rios do Oeste e o Centro Internacional de Energias Renováveis – Biogás (CIBiogás), com financiamento da Copel.

“No início muitas pessoas duvidavam da eficácia desse projeto, porém com o passar do tempo esses produtores começaram a dar depoimentos sobre os benefícios financeiros e ambientais que isso trazia”, destaca Rejane Vogt Anderle, assessora pedagógica e gestora de Educação Ambiental pela Rede de Educação Ambiental da Itaipu.

Além dos benefícios ambientais, o projeto pode proporcionar uma renda extra aos produtores, que poderão comercializar o biofertilizante resultante do processo.

Fonte: The Greenest Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *