Ação humana ainda é a maior causadora de incêndios florestais no Brasil
16/10/2017
Desmatamento na Amazônia cai 16% no último ano, diz Sarney Filho
18/10/2017

Conheça a primeira marca de cosméticos a reciclar 100% dos resíduos de suas embalagens

Fonte: Razõesparaacreditar

Antes de abrir o próximo pacote de biscoitos ou a próxima bebida, olhe a embalagem mais uma vez. Pode ser que a sua marca favorita ganhe ainda mais pontos com você. Afinal, ela pode ser uma das primeiras marcas no Brasil a se comprometer com a reciclagem das embalagens que coloca no mercado, evitando elevar ainda mais as estatísticas alarmantes sobre a produção de lixo no país.

A Harah Cosmetics foi a primeira marca de cosméticos a adotar o selo eureciclo, desempenhando um papel fundamental na preservação do meio ambiente e na preocupação com a sustentabilidade do planeta e incentivando o desenvolvimento da indústria de reciclagem do país. Somos um exemplo de marca de cosméticos que investe em sustentabilidade. Temos como missão desenvolver produtos buscando o equilíbrio entre inovação e ingredientes naturais, e que sejam sofisticados sem tornar a rotina de quem os usa mais complicada. Todos os produtos são avaliados dermatologicamente e não são e nunca serão testados em animais, garantido pelo selo CrueltyFree.

Graças ao engajamento de empresas como a Harah, o selo Eureciclo conseguiu aumentar em até 35% a renda de trabalhadores na cadeia de reciclagem, garantir a formalização de dezenas de recicladores e rastrear milhares de toneladas de resíduos sendo oficialmente reciclados. O resultado do carinho da Harah ao desenvolver produtos é ser reconhecida como a primeira empresa de beleza do Brasil a ter o equivalente a 100% dos resíduos sólidos de suas embalagens reciclados.

Se quiser saber mais sobre a EuReciclo,cujo selo eureciclo foi criado pela startup New Hope Ecotech em 2016 e funciona da seguinte forma: as marcas informam quantas toneladas de plástico, vidro, papel ou metais geraram com a venda dos seus produtos e o selo eureciclo calcula o passivo ambiental equivalente. Com base nesse valor, as marcas pagam pelo serviço ambiental de forma proporcional à quantidade de embalagens que vendem. O pagamento pelo serviço é destinado às cooperativas de reciclagem que comprovam que estão operando formalmente e reciclando materiais equivalentes aos das embalagens. Assim, as empresas recebem o selo que é inserido em suas embalagens para informar ao consumidor o engajamento com a reciclagem.

 

srzz

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 4 =