30/04/2021

O que é a NBR 10004/2004?

A Norma Técnica Brasileira 10004/2004 tem por objetivo classificar os resíduos sólidos quanto aos seus riscos potenciais ao meio ambiente e à saúde pública, para que possam ser gerenciados adequadamente. Esta NBR não considera resíduos radioativos, ficando sob responsabilidade da Comissão Nacional de Energia Nuclear. Qual sua importância? O estabelecimento de uma padronização e codificação dos resíduos facilita o gerenciamento […]
26/04/2021

O que é MTR (Manifesto de Transporte de Resíduos)?

O Manifesto de Transporte de Resíduos – MTR é um documento que os geradores de resíduos devem emitir através do Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão de Resíduos Sólidos – SINIR, e estão sujeitos à elaboração da PGRS. O mesmo permite que os resíduos gerados e destinados sejam rastreados. O documento emitido é numerado e deverá acompanhar o transporte […]
15/04/2021

Tudo que você precisa saber sobre Gestão de Resíduos Sólidos

Qualquer tipo de negócio é um potencial gerador de resíduos, uma vez que estamos constantemente utilizando materiais e consumindo alimentos em nossas atividades diárias. Acabar com os impactos negativos da geração de lixo é um desafio e tanto, porém, de alguma forma, essas atividades podem ser mitigadas e gerar impactos positivos de âmbito social, econômico e ambiental. Fazer a gestão […]
31/03/2021

Conheça a IN IBAMA 13/2012

Entre os instrumentos definidos na Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS (Lei 12.305/10), encontramos o Cadastro Nacional de Operadores de Resíduos Perigosos e o Cadastro Técnico Federal de Atividades Potencialmente Poluidoras ou Utilizadoras de Recursos Ambientais. Estes instrumentos estão atribuídos ao SISNAMA – Sistema Nacional do Meio Ambiente – que dispõe como um de seus Órgãos Executores o IBAMA […]
17/02/2021

A inconsciência que degrada, a arte que transforma

Matéria por Ana Rocha O meio ambiente e o resíduo Concordamos que nos últimos 30 anos a humanidade evoluiu em vários aspectos importantes para a nossa sobrevivência. Não podemos dizer que possuímos pouca quantidade de informação sobre como tratar o nosso lixo, já que a internet dispõe de uma tonelada de informações válidas e práticas de como proceder com os nossos […]

Fonte: Exame

Assim como os seres humanos, os objetos têm uma história de vida. Ela se inicia na extração da matéria prima para fabricação, passa pelo processo de produção, transporte, comercialização, utilização e termina no descarte final do produto, quando julgamos que ele perdeu sua utilidade.

Todo este processo, chamado de ciclo de vida, é marcado por impactos ambientais e sociais, em maior ou menor escala.

Buscando alertar sobre os efeitos de uma cultura baseada no comprar-usar-descartar, a ONG ambientalista Greenpeace criou um vídeo que mostra o ciclo de vida de um objeto bem comum: a colher de plástico, cuja ‘história’ resume bem o destino de outros produtos descartáveis.

O vídeo faz uma viagem por todo o planeta mostrando quanto de recurso e energia são usados para criar um produto que é usado apenas uma vez e descartado.

“Esta ideia, obviamente, vai além de uma colher. Trata-se de como nos relacionamos com as coisas que consumimos. É sobre as escolhas que fazemos. Através delas, podemos mudar esse sistema e criar um mundo onde os humanos vivem dentro dos limites da Terra”, diz a ONG em seu site no Reino Unido.

“Tudo começa com você e aquela colher. É só lavá-la, reutilizá-la e amá-la”, resume a ONG. Confira, no vídeo abaixo (em inglês), a vida e a morte de uma colher de plástico em 2 minutos:

23/11/2015

Vídeo mostra vida e morte de uma colher de plástico em 2 min

Fonte: Exame Assim como os seres humanos, os objetos têm uma história de vida. Ela se inicia na extração da matéria prima para fabricação, passa pelo processo de produção, transporte, comercialização, utilização e termina no descarte final do produto, quando julgamos que ele perdeu sua utilidade. Todo este processo, chamado de ciclo de vida, é marcado por impactos ambientais e […]