30/04/2021

O que é a NBR 10004/2004?

A Norma Técnica Brasileira 10004/2004 tem por objetivo classificar os resíduos sólidos quanto aos seus riscos potenciais ao meio ambiente e à saúde pública, para que possam ser gerenciados adequadamente. Esta NBR não considera resíduos radioativos, ficando sob responsabilidade da Comissão Nacional de Energia Nuclear. Qual sua importância? O estabelecimento de uma padronização e codificação dos resíduos facilita o gerenciamento […]
26/04/2021

O que é MTR (Manifesto de Transporte de Resíduos)?

O Manifesto de Transporte de Resíduos – MTR é um documento que os geradores de resíduos devem emitir através do Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão de Resíduos Sólidos – SINIR, e estão sujeitos à elaboração da PGRS. O mesmo permite que os resíduos gerados e destinados sejam rastreados. O documento emitido é numerado e deverá acompanhar o transporte […]
15/04/2021

Tudo que você precisa saber sobre Gestão de Resíduos Sólidos

Qualquer tipo de negócio é um potencial gerador de resíduos, uma vez que estamos constantemente utilizando materiais e consumindo alimentos em nossas atividades diárias. Acabar com os impactos negativos da geração de lixo é um desafio e tanto, porém, de alguma forma, essas atividades podem ser mitigadas e gerar impactos positivos de âmbito social, econômico e ambiental. Fazer a gestão […]
31/03/2021

Conheça a IN IBAMA 13/2012

Entre os instrumentos definidos na Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS (Lei 12.305/10), encontramos o Cadastro Nacional de Operadores de Resíduos Perigosos e o Cadastro Técnico Federal de Atividades Potencialmente Poluidoras ou Utilizadoras de Recursos Ambientais. Estes instrumentos estão atribuídos ao SISNAMA – Sistema Nacional do Meio Ambiente – que dispõe como um de seus Órgãos Executores o IBAMA […]
17/02/2021

A inconsciência que degrada, a arte que transforma

Matéria por Ana Rocha O meio ambiente e o resíduo Concordamos que nos últimos 30 anos a humanidade evoluiu em vários aspectos importantes para a nossa sobrevivência. Não podemos dizer que possuímos pouca quantidade de informação sobre como tratar o nosso lixo, já que a internet dispõe de uma tonelada de informações válidas e práticas de como proceder com os nossos […]

Fonte: UOL

Com lei, Itália deve economizar 12 bilhões de euros por ano

O Senado italiano aprovou uma lei contra o desperdício de alimentos que pretende poupar cerca de 1 milhão de toneladas de comida por ano. Desta forma, a Itália deve conseguir economizar aproximadamente 12 bilhões de euros anualmente. Segundo dados da Confederação Nacional de Cultivadores Diretos (Coldiretti), os italianos jogam cerca de 76 quilos de alimentos no lixo por ano. “É um dado inaceitável”, destaca o ministro da Agricultura, Maurizio Martina.

O plano “SprecoZero” (“Desperdício Zero”, em livre tradução do italiano) tem como objetivo promover a doação de alimentos que seriam desperdiçados para setores mais vulneráveis da população.

O foco são os alimentos que mantiverem os requisitos de higiene e segurança, mas que por algum motivo não forem vendidos, estiverem perto do prazo de validade ou não forem colocados no comércio por erros no rótulo. Atualmente, os restaurantes e supermercados que desejam ceder seus excedentes devem apresentar uma declaração cinco dias antes. Os estabelecimentos também terão incentivos fiscais para doarem comida e remédios. O ministro explicou que o projeto se trata de uma “herança” da Exposição Universal de Milão, realizada em 2015, cujo tema foi “Alimentando o Planeta, energia para a Vida”, que debateu a agricultura e a alimentação.

Recentemente, a França aprovou uma lei mais ousada que proíbe o desperdício e prevê punições para os responsáveis. Os donos de estabelecimentos com mais de 400 m², por exemplo, são obrigados a ter acordos de doação com associações beneficentes, do contrário podem ser multados em até 75 mil euros e pegar dois anos de prisão.

srzz

 

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo

18/08/2016

Itália aprova lei contra desperdício de alimentos

Fonte: UOL Com lei, Itália deve economizar 12 bilhões de euros por ano O Senado italiano aprovou uma lei contra o desperdício de alimentos que pretende poupar cerca de 1 milhão de toneladas de comida por ano. Desta forma, a Itália deve conseguir economizar aproximadamente 12 bilhões de euros anualmente. Segundo dados da Confederação Nacional de Cultivadores Diretos (Coldiretti), os […]