Reciclagem em São Paulo chega a 6,56%
11/07/2016
Apenas 15% da população nacional possui serviço de coleta seletiva, aponta estudo do CEMPRE
14/07/2016

Projeto que beneficia catadores de lixo de Belém é premiado no Enactus

Fonte: G1

Time Enactus da UFPA ganhou o Prêmio de Ética e Integridade.
Projeto Cíclica tem impacto socioambiental e busca empoderar catadores.

O time Enactus, da Universidade Federal do Pará (UFPA), ganhou o Prêmio de Ética e Integridade, oferecido pela KPMG, no Campeonato Nacional Enactus 2016, realizado em Fortaleza (CE), e que objetiva premiar os times que conseguiram melhorar as condições de vida das comunidades em que atuam.

Cíclica: meio ambiente, emprego e renda

Na premiação, ocorrida no dia 6 de julho, o time Enactus defendeu o Projeto Cíclica, iniciativa que usa o empreendedorismo social para impactar a realidade do Centro de Triagem localizado na Passagem São Joaquim, em Belém, que integra três associações de catadores de lixo.

Desde fevereiro de 2015, este projeto vem executando atividades junto a uma dessas associações, a ACCSB, e já foi reconhecido com o título de campeão na Liga Rookie, em julho de 2015, no Campeonato Nacional da Enactus, pelo uso da inovação como meio de mudança da realidade social. Dentre as ações, tem destaque: a aplicação de propostas como business administration, profissionalização e capacitação dos catadores, conforme a Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS) atribui valor e uma nova visão de responsabilidade sustentável ao trabalho dos Agentes Ambientais.

Nas metas do projeto são encontradas ações com o objetivo de aumentar a capacidade produtiva do Centro por meio da aquisição de maquinário, formação de cadeias e redes de coleta seletiva. Os associados não serão os únicos beneficiados pelo Projeto Cíclica, mas também os moradores da Região Metropolitana de Belém, visto que uma das vertentes de impacto do projeto é impedir que o material reciclável seja disposto de forma incorreta no meio ambiente.

Diante do amplo comprometimento socioambiental, o Projeto Cíclica foi novamente reconhecido, desta vez, com o Prêmio de Ética e Integridade, oferecido pela KPMG, que premiou 10 times universitários que melhor demonstraram integridade e ética no desenvolvimento dos seus projetos.

Para o presidente do Time Enactus UFPA, Rosinaldo Silveira, estudante de Geologia, o prêmio de Ética e Integridade demonstra que o time está no caminho certo. “Receber um dos 10 prêmios de Ética e Integridade é uma forma de reconhecimento do nosso trabalho e demonstra que estamos de acordo com os valores do Enactus”, afirma Rosinaldo.

Com o apoio da UFPA, por meio da Incubadora PIEBT e da Coordenadoria de Empreendedorismo da Agência de Inovação Tecnológica (Universitec), e do Instituto de Geociência, o Time Enactus conseguiu levar para participar do evento 12 alunos, de um total de 29 membros. Para a participante Amanda Mescouto, estudante de Direito, “o prêmio da KPMG significou, antes de mais nada, um incentivo para o time. Voltamos do campeonato com mais garra para alavancar nossos projetos e torná-los grandes como pretendemos. O prêmio veio para certificar o trabalho que fazemos e o esforço que empregamos”.

Time Enactus

O Time Enactus UFPA foi criado em outubro de 2014, que tem a Universitec como apoiadora, e, de acordo com o presidente Rosinaldo, tem como objetivo desenvolver liderança nos alunos que atuam no time e promover o empoderamento das comunidades afetadas pelo empreendedorismo social que os Times Enactus realizam. Em 2015, o Time Enactus UFPA ganhou os prêmios da Liga Rookie, pelo projeto Cíclica, e o membro Felipe Araújo ganhou o prêmio de Estudante do Ano Unilever. A Enactus está presente em 79 universidades brasileiras em 15 estados do país e Distrito Federal com 80 times.

srzz

 

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × três =