25/05/2021

Beacon School é Sou Resíduo Zero

Inaugurada em 2010 e reconhecida pela International Baccalaureate Organization como IB World School, a Beacon School tem hoje mais de 1.000 alunos, da Educação Infantil ao Ensino Médio. Em um ambiente que enfatiza o acolhimento, a Beacon oferece uma educação internacional genuinamente bilíngue e aberta para o mundo, ao mesmo tempo em que valoriza suas raízes brasileiras. Reconhecem a diversidade […]
30/04/2021

O que é a NBR 10004/2004?

A Norma Técnica Brasileira 10004/2004 tem por objetivo classificar os resíduos sólidos quanto aos seus riscos potenciais ao meio ambiente e à saúde pública, para que possam ser gerenciados adequadamente. Esta NBR não considera resíduos radioativos, ficando sob responsabilidade da Comissão Nacional de Energia Nuclear. Qual sua importância? O estabelecimento de uma padronização e codificação dos resíduos facilita o gerenciamento […]
26/04/2021

O que é MTR (Manifesto de Transporte de Resíduos)?

O Manifesto de Transporte de Resíduos – MTR é um documento que os geradores de resíduos devem emitir através do Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão de Resíduos Sólidos – SINIR, e estão sujeitos à elaboração da PGRS. O mesmo permite que os resíduos gerados e destinados sejam rastreados. O documento emitido é numerado e deverá acompanhar o transporte […]
15/04/2021

Tudo que você precisa saber sobre Gestão de Resíduos Sólidos

Qualquer tipo de negócio é um potencial gerador de resíduos, uma vez que estamos constantemente utilizando materiais e consumindo alimentos em nossas atividades diárias. Acabar com os impactos negativos da geração de lixo é um desafio e tanto, porém, de alguma forma, essas atividades podem ser mitigadas e gerar impactos positivos de âmbito social, econômico e ambiental. Fazer a gestão […]
31/03/2021

Conheça a IN IBAMA 13/2012

Entre os instrumentos definidos na Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS (Lei 12.305/10), encontramos o Cadastro Nacional de Operadores de Resíduos Perigosos e o Cadastro Técnico Federal de Atividades Potencialmente Poluidoras ou Utilizadoras de Recursos Ambientais. Estes instrumentos estão atribuídos ao SISNAMA – Sistema Nacional do Meio Ambiente – que dispõe como um de seus Órgãos Executores o IBAMA […]

Fonte: Hypeness

A qualidade do couro muitas vezes vem com um custo: o abate desnecessário de animais. E, ao contrário do que muita gente acredita, nem todo o couro que usamos provem de animais que vão parar em nosso prato. Alguns deles servem simplesmente como vestimenta. Mas… e se nós pudéssemos conseguir um material tão durável, bonito e resistente quanto o couro, mas sem precisar sacrificar nenhum animal para isso?

Essa é a proposta deste couro ecológico, conhecido como Piñatex. O produto foi desenvolvido pela empresa Ananas Anam, da designer espanhola Carmen Hijosa, que contou com o apoio da Royal College of Art em uma parceria com as marcas Camper, Puma e com o designer Ally Capellino para transformar o produto em matéria-prima e lançá-lo no mercado.

Segundo Carmen, o produto pode ser tingido, impresso e tratado, conferindo a ele diferentes texturas. Graças a essa versatilidade, é possível usá-lo na criação de sapatos, bolsas, estofados e outras peças. A fabricação do Piñatex se dá a partir do reaproveitamento do caule e das folhas do abacaxi, em que as fibras são extraídas do material através de um processo chamado de descasque. Esse processo é feito por uma comunidade agrícola, o que mostra ainda uma preocupação com a responsabilidade social durante a fabricação do produto.

É através de uma etapa industrial que as fibras obtidas são transformadas em um tecido maleável, ecológico e biodegradável. Ao todo, são necessárias as folhas de cerca de 16 abacaxis para produzir um metro quadrado do tecido.

14/10/2015

Conheça o couro ecológico feito com fibras e folhas do abacaxi que seriam descartadas

Fonte: Hypeness A qualidade do couro muitas vezes vem com um custo: o abate desnecessário de animais. E, ao contrário do que muita gente acredita, nem todo o couro que usamos provem de animais que vão parar em nosso prato. Alguns deles servem simplesmente como vestimenta. Mas… e se nós pudéssemos conseguir um material tão durável, bonito e resistente quanto […]