30/04/2021

O que é a NBR 10004/2004?

A Norma Técnica Brasileira 10004/2004 tem por objetivo classificar os resíduos sólidos quanto aos seus riscos potenciais ao meio ambiente e à saúde pública, para que possam ser gerenciados adequadamente. Esta NBR não considera resíduos radioativos, ficando sob responsabilidade da Comissão Nacional de Energia Nuclear. Qual sua importância? O estabelecimento de uma padronização e codificação dos resíduos facilita o gerenciamento […]
26/04/2021

O que é MTR (Manifesto de Transporte de Resíduos)?

O Manifesto de Transporte de Resíduos – MTR é um documento que os geradores de resíduos devem emitir através do Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão de Resíduos Sólidos – SINIR, e estão sujeitos à elaboração da PGRS. O mesmo permite que os resíduos gerados e destinados sejam rastreados. O documento emitido é numerado e deverá acompanhar o transporte […]
15/04/2021

Tudo que você precisa saber sobre Gestão de Resíduos Sólidos

Qualquer tipo de negócio é um potencial gerador de resíduos, uma vez que estamos constantemente utilizando materiais e consumindo alimentos em nossas atividades diárias. Acabar com os impactos negativos da geração de lixo é um desafio e tanto, porém, de alguma forma, essas atividades podem ser mitigadas e gerar impactos positivos de âmbito social, econômico e ambiental. Fazer a gestão […]
31/03/2021

Conheça a IN IBAMA 13/2012

Entre os instrumentos definidos na Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS (Lei 12.305/10), encontramos o Cadastro Nacional de Operadores de Resíduos Perigosos e o Cadastro Técnico Federal de Atividades Potencialmente Poluidoras ou Utilizadoras de Recursos Ambientais. Estes instrumentos estão atribuídos ao SISNAMA – Sistema Nacional do Meio Ambiente – que dispõe como um de seus Órgãos Executores o IBAMA […]
17/02/2021

A inconsciência que degrada, a arte que transforma

Matéria por Ana Rocha O meio ambiente e o resíduo Concordamos que nos últimos 30 anos a humanidade evoluiu em vários aspectos importantes para a nossa sobrevivência. Não podemos dizer que possuímos pouca quantidade de informação sobre como tratar o nosso lixo, já que a internet dispõe de uma tonelada de informações válidas e práticas de como proceder com os nossos […]

Fonte: The Greenest Post

Dois estuantes de arquitetura, residentes em Roterdã, resolveram criar sua própria tecnologia para construir uma casa a partir de lixo industrial local.

“Nós gostamos de dar uma segunda vida a materiais descartados”, conta Ward Massa, sócio da startup local, chamada Stone Cycling, que produz os tijolos.

Batizado de Waste Based Bricks, os tijolos levaram alguns anos para que pudessem encontrar sua fórmula perfeita. O segredo é juntar vidro, cerâmica e resto de lixo industrial com um fórmula secreta. Também é possível usar resto de tijolos tradicionais e restos de demolição.

Além de reutilizar materiais que acabariam no lixão, o processo de produção dos novos tijolos usam menos energia que os tradicionais (o que reduz ainda mais a pegada de carbono). Graças a parceria com a Academia de Arquitetura de Amsterdã e designers do Studioninedots, a startup pôde desenvolver tijolos que se encaixam como Legos, e não precisam de cimento (assim é mais fácil reutilizar o material, não sendo necessário demolir).

É preciso mais investimento para tornar essa tecnologia escalável. A casa dos estudantes, porém, irá provar que é algo de qualidade, durável e poderá, muito provavelmente, chamar mais atenção para a empresa.

srzz

 

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo

20/07/2016

Estudantes de arquitetura constroem casa com tijolos feitos de lixo industrial

Fonte: The Greenest Post Dois estuantes de arquitetura, residentes em Roterdã, resolveram criar sua própria tecnologia para construir uma casa a partir de lixo industrial local. “Nós gostamos de dar uma segunda vida a materiais descartados”, conta Ward Massa, sócio da startup local, chamada Stone Cycling, que produz os tijolos. Batizado de Waste Based Bricks, os tijolos levaram alguns anos […]