17/02/2021

A inconsciência que degrada, a arte que transforma

Matéria por Ana Rocha O meio ambiente e o resíduo Concordamos que nos últimos 30 anos a humanidade evoluiu em vários aspectos importantes para a nossa sobrevivência. Não podemos dizer que possuímos pouca quantidade de informação sobre como tratar o nosso lixo, já que a internet dispõe de uma tonelada de informações válidas e práticas de como proceder com os nossos […]
25/01/2021

Consulta pública da logística reversa do vidro aberta até dia 05.02, participe!

Consulta pública sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e o Sistema de Logística Reversa de embalagens de vidro. Foi publicada, em 29/12/20, a Portaria nº 641, do Ministério do Meio Ambiente, que abre uma consulta pública sobre a edição de um Decreto que visa regulamentar a Política Nacional de Resíduos Sólidos, mais especificamente o §1º do caput do […]
20/01/2021

Tudo que você precisa saber sobre Gestão de Resíduos de da construção civil

A indústria da construção civil é uma das mais importantes atividades socioeconômicas do Brasil, sendo o maior setor empregador da economia nacional e tendo participação de 6,5%% do PIB Brasileiro. Devido à intensa mudança na paisagem, o excessivo consumo de recursos naturais e a elevada geração de resíduos, o setor é grande degradador do meio ambiente. Ele é responsável por […]
11/01/2021

E-commerce pode ser culpado pelo aumento da poluição por resíduos

O pico nas vendas online graças à pandemia teve consequências que vão além da digitalização e mudanças nos hábitos de consumo. Compradores estão tendo dificuldade de descartar corretamente embalagens de produtos e nunca se acumulou tanto papelão nas ruas, segundo a empresa de coleta norte-americana Republic Services. A companhia relatou um aumento de 25% nas coletas de resíduos feitos em residências. Ao […]
07/01/2021

Lei que proíbe utilização de pratos, copos e talheres de plástico entre em vigor em SP

Sancionada em 2020, regra passou a valer a partir do dia 1° de janeiro deste ano. Entretanto, multas e punições previstas no texto original só podem ser aplicadas após regulamentação, que ainda não foi feita pela gestão municipal. A lei municipal nº 17.261, de 13 de janeiro de 2020 proíbe estabelecimentos comerciais da cidade de São Paulo de fornecer aos […]

Fonte: Green Savers

Em Abril de 2015, as cantinas da Universidade de Coimbra (UC) registavam oito toneladas de resíduos alimentares por mês. Menos de um ano depois, fruto da campanha Menos é Igual a Mais, realizada pelos Serviços de Ação Social (SASUC), o desperdício baixou para metade, ou seja, passou de oito para quatro toneladas.

Na semana passada, os SASUC procederam a uma nova pesagem de desperdício alimentar, considerando todos os resíduos alimentares mantidos no prato após o final da refeição, e o resultado obtido demonstra um impacto bastante considerável no combate ao desperdício: a redução para metade.

“Os resultados agora conseguidos superaram as expectativas desta campanha de combate ao desperdício alimentar, já premiada com o Selo de Reconhecimento PRATØ – Boas Práticas de Prevenção do Desperdício Alimentar, atribuído pela Secretaria de Estado da Alimentação e Investigação Agroalimentar à receita do Xiribitatatatá (folhado em forma de cesto, cujo recheio decorre de aproveitamento/sobras de pratos de carne, de peixe ou vegetariano)”, avança a universidade em comunicado.

A campanha Menos é Igual a Mais incluiu a sensibilização da comunidade universitária e o respectivo envolvimento na partilha de sugestões e práticas a adoptar neste contexto, bem como uma intensa fase de preparação e reflexão dos trabalhadores da Divisão de Alimentação dos SASUC.

Foram também adotados novos comportamentos na confecção das ementas, com novidades lançadas mensalmente. A última, lançada em Janeiro, prende-se com a adoção de uma sugestão da comunidade universitária: ilha de saladas na Cantina do Polo II.

“O sucesso da iniciativa traduziu-se também no esforço colectivo da Comunidade UC, contribuindo com sugestões de boas práticas para a diminuição do desperdício, na adesão da comunidade universitária ao doseamento dos seus pratos, solicitando a quantidade certa às necessidades individuais e ainda no esforço dos trabalhadores dos SASUC na adoção de comportamentos mais sustentáveis”, concluiu a universidade.

 

srzz

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo

29/02/2016

Universidade de Coimbra reduz desperdício alimentar para metade

Fonte: Green Savers Em Abril de 2015, as cantinas da Universidade de Coimbra (UC) registavam oito toneladas de resíduos alimentares por mês. Menos de um ano depois, fruto da campanha Menos é Igual a Mais, realizada pelos Serviços de Ação Social (SASUC), o desperdício baixou para metade, ou seja, passou de oito para quatro toneladas. Na semana passada, os SASUC […]