30/04/2021

O que é a NBR 10004/2004?

A Norma Técnica Brasileira 10004/2004 tem por objetivo classificar os resíduos sólidos quanto aos seus riscos potenciais ao meio ambiente e à saúde pública, para que possam ser gerenciados adequadamente. Esta NBR não considera resíduos radioativos, ficando sob responsabilidade da Comissão Nacional de Energia Nuclear. Qual sua importância? O estabelecimento de uma padronização e codificação dos resíduos facilita o gerenciamento […]
26/04/2021

O que é MTR (Manifesto de Transporte de Resíduos)?

O Manifesto de Transporte de Resíduos – MTR é um documento que os geradores de resíduos devem emitir através do Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão de Resíduos Sólidos – SINIR, e estão sujeitos à elaboração da PGRS. O mesmo permite que os resíduos gerados e destinados sejam rastreados. O documento emitido é numerado e deverá acompanhar o transporte […]
15/04/2021

Tudo que você precisa saber sobre Gestão de Resíduos Sólidos

Qualquer tipo de negócio é um potencial gerador de resíduos, uma vez que estamos constantemente utilizando materiais e consumindo alimentos em nossas atividades diárias. Acabar com os impactos negativos da geração de lixo é um desafio e tanto, porém, de alguma forma, essas atividades podem ser mitigadas e gerar impactos positivos de âmbito social, econômico e ambiental. Fazer a gestão […]
31/03/2021

Conheça a IN IBAMA 13/2012

Entre os instrumentos definidos na Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS (Lei 12.305/10), encontramos o Cadastro Nacional de Operadores de Resíduos Perigosos e o Cadastro Técnico Federal de Atividades Potencialmente Poluidoras ou Utilizadoras de Recursos Ambientais. Estes instrumentos estão atribuídos ao SISNAMA – Sistema Nacional do Meio Ambiente – que dispõe como um de seus Órgãos Executores o IBAMA […]
17/02/2021

A inconsciência que degrada, a arte que transforma

Matéria por Ana Rocha O meio ambiente e o resíduo Concordamos que nos últimos 30 anos a humanidade evoluiu em vários aspectos importantes para a nossa sobrevivência. Não podemos dizer que possuímos pouca quantidade de informação sobre como tratar o nosso lixo, já que a internet dispõe de uma tonelada de informações válidas e práticas de como proceder com os nossos […]

Fonte: Green Savers

Para além de alinhavar a estratégia global para as alterações climáticas, a COP21 foi uma montra para inovações, objetos e construções ligadas à sustentabilidade, ecologia e ambiente – muitas empresas e marcas aproveitaram para comunicar os seus objetivos de redução de gases com efeito de estufa, por exemplo.

O ateliê de arquitetura Encore Heureux entrou neste jogo exibicional e desenvolveu um pavilhão feito a partir de portas recicladas. Situado no Hôtel de Ville, no coração de Paris, a estrutura temporária foi construída para chamar a atenção para os benefícios de uma economia circular e baixa em carbono.

As 180 portas de madeira foram recolhidas de um armazém do 19th Arrondissement e o resto do pavilhão utilizou apenas produtos comprados localmente e outros resíduos perdidos. Mais do que uma estrutura de exibição, este Pavilhão Circular é perfeito para receber exposições de arte, leituras, reuniões e workshops.

O interior do pavilhão encontra-se coberto por painéis de exposições e isolado do frio por lã mineral retirada do tecto de um supermercado. Por outro lado, pedaços de madeira que sobraram da construção de um lar de idosos foram também utilizados na estrutura.

A mobília do interior, incluindo 15 cadeiras de madeira e as luzes do tecto, foi recolhida de centros de reciclagem de Paris. Segundo o Inhabitat, o Pavilhão Circular ficará no Hôtel de Ville até 6 de Janeiro. Depois será desmontado, transportado e reconstruído no 15th Arrondisement, para ser utilizado como clube noturno por uma associação desportiva.

srzz

 

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo Zero.

22/12/2015

Em Paris, pavilhão é construído a partir da reutilização de portas e materiais que sobraram de obras

Fonte: Green Savers Para além de alinhavar a estratégia global para as alterações climáticas, a COP21 foi uma montra para inovações, objetos e construções ligadas à sustentabilidade, ecologia e ambiente – muitas empresas e marcas aproveitaram para comunicar os seus objetivos de redução de gases com efeito de estufa, por exemplo. O ateliê de arquitetura Encore Heureux entrou neste jogo […]