24/11/2020

Comércio grande gerador precisa emitir MTR: novo documento eletrônico para gestão de resíduos

Estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços que gerem no território nacional resíduos perigosos e resíduos não perigosos – como sobras de tecidos, papeis e resíduos equiparados aos domésticos, porém em grande quantidade –, deverão emitir, a partir de 1º de janeiro de 2021, o Manifesto de Transporte de Resíduos (MTR). Estas empresas, consideradas grandes geradores, também devem ter Plano […]
09/11/2020
Foto por Cleber Souza para UOL

Lixo invade estação da linha 6-Laranja do metrô; obra se arrasta há 5 anos

“Aqui é um caos. Às vezes eu acho que não vou ver esse metrô pronto nunca”, reclama André do Nascimento, 58, que mora na Brasilândia, zona norte de São Paulo, há 50 anos. O “metrô” a que ele se refere é a Linha 6-Laranja, que começou a ser construída em 2015, mas teve as obras paradas em setembro de 2016, […]
03/11/2020

Pequenas marcas de cosméticos dão exemplo sustentável de ponta a ponta

Desde a escolha da matéria-prima, de fontes renováveis, até a entrega do produto, para garantir destino das embalagens, empreendedores veem alta nas vendas com busca por mais saúde na pandemia Conheça as iniciativas Óleo corporal de calêndula para problemas de pele e inflamações, suavizador vegano de olheiras com alecrim e olíbano, água micelar orgânica com extrato de aloe vera, gel […]
20/10/2020

Os descaminhos do Lixo – Opinião Estadão

Há um grande contingente de pessoas não atendidas por serviços de coleta, e o setor apresenta déficits consideráveis em relação à coleta seletiva, recuperação de materiais e disposição dos resíduos sólidos Nos últimos anos houve uma melhora quantitativa e qualitativa na cobertura de coleta de lixo no Brasil. O avanço, contudo, foi bem menor do que o necessário: há um […]
15/10/2020

Mercado Municipal Kinjo Yamato intitulado como o primeiro Mercado Sustentável da cidade de São Paulo

Sobre o mercado A história do Mercado Municipal Kinjo Yamato tem início no antigo “Mercado Caipira” ou “25 de Março dos produtos hortifrutis”, como era chamado o local antes instalado na Várzea do Parque Dom Pedro e que se tornou conhecido pela comercialização de frutas, legumes e verduras provenientes dos campos onde trabalhavam imigrantes japoneses. Como complemento de renda, esses […]

Fonte: Razões para Acreditar

Compaixão, fé e esperança não são associadas rapidamente ao negócios de móveis, mas a Lamon Luther, uma empresa de móveis em Douglasville, talvez ajude a mudar essa percepção sobre a indústria.

Brian Preston, o fundador da empresa, não é apenas ágil em fazer incríveis e descoladas mesas feitas à mão, ou bancos e estantes de madeira de demolição lindamente patinadas, ele se dedica a salvar vidas nesse processo. Preston contrata carpinteiros em situação de rua: a construção de esperança através do emprego.

Quando Preston visitou pela primeira vez uma vila cheia de tendas ocupadas por homens moradores de rua e considerados perigosos, ele não se deixou levar pelo que escutou e recrutou talentos para o pontapé inicial na empresa de móveis.

Em vez disso, Preston, que tinha acabado de fazer 30 anos, foi começando a questionar seu propósito na vida. Ele pensou que seria uma boa ideia uma nova aventura para testar a sua zona de conforto pessoal e contribuir para a humanidade, e foi aí que ele descobriu um grupo de carpinteiros desempregados qualificados e ansiosos por uma oportunidade de trabalho.

Preston podia perfeitamente entender estes homens. Quatro anos atrás, sua construção e remodelação de negócios, que tinha servido subúrbios mais influentes de Atlanta, caiu junto com a economia. Ele e sua esposa, April Lee, perderam tudo. “Eu sei o que se sente ao quebrar uma empresa e ficar sem nada. Eu estive lá”, diz ele.

Ideias começaram a aparecer e todos os sinais apontavam para a criação de uma marca de mobiliário consciente, mas a proposição era somente possível em primeiro lugar, porque o próprio Preston tem um talento para projetar e construir móveis. Sua esposa confirma, “Brian sempre foi extremamente criativo e talentoso quando se trata de construir coisas com as mãos. Na verdade, começou nosso casamento pela remodelação de uma casa de fazendo de 1927! Gosto de mostra pra ele uma imagem de algo e depois vê-lo trabalhando naquilo”.

Com uma fonte confiável de madeira de reflorestamento e uma equipe de pessoas extremamente qualificadas, dentre eles trabalhadores carpinteiros, não demorou muito para a empresa a encontrar a sua essência.

Lamon Luther é uma homenagem ao artesão americano. A empresa tem esse nome por conta do avô de Preston, um carpinteiro excepcional que construiu a casa onde Preston passou grande parte de sua infância. Preston diz: “Ele costumava dizer coisas como: ‘Vem aqui. Deixe-me mostrar o que uma ferramenta pode fazer. ‘”

Os honestos móveis de madeira que Preston projeta hoje poderiam ter sido feitos pelas mãos de seu avô. É principalmente feito com ferramentas básicas do comércio, usando práticas e técnicas testados pelo tempo e que dão muito certo.

Carpintaria é a atividade perfeita para estes homens, porque “nossos empregados passaram sua vida inteira trabalhando com as mãos.

“Se Brian não tivesse me dado um trabalho eu não sei onde eu estaria. Eu nunca vou voltar para a rua. Agora que tenho um trabalho onde eu possa dormir melhor. Eu posso tomar banho, e ter acesso à água corrente. Os meus filhos estão felizes por mim agora que eu tenho um emprego”., disse Scottie, um dos carpinteiros do Lamon Luther.

Preston não é o único que ganha nesta relação de negócios. “Eu aprendi com a minha equipe que todos nós merecemos uma segunda chance. Quando você acredita em alguém, lhe dar uma oportunidade e esperança, então coisas boas vão acontecer “, diz ele.

Noventa e cinco por cento do trabalho de Lamon Luther é feito sob medida. Eles estão buscando compradores e distribuidores dos seus ofícios construído com muito amor e dignidade.

srzz

 

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo

12/09/2016

Esta empresa produz móveis usando apenas madeira reciclada e com trabalhadores que moravam na rua

Fonte: Razões para Acreditar Compaixão, fé e esperança não são associadas rapidamente ao negócios de móveis, mas a Lamon Luther, uma empresa de móveis em Douglasville, talvez ajude a mudar essa percepção sobre a indústria. Brian Preston, o fundador da empresa, não é apenas ágil em fazer incríveis e descoladas mesas feitas à mão, ou bancos e estantes de madeira […]
19/08/2016

Tecidos velhos são reciclados e transformados em madeira

Fonte: Setor Reciclagem Sobras de tecido da indústria têxtil tem um baixo índice de reciclagem e acabam parando em aterros e lixões. Nesses locais, tecidos funcionam como esponjas, segurando o chorume (substância líquida resultante do processo de apodrecimento de matérias orgânicas) e se transformando em um poderoso contaminante com grande dificuldade de degradação. Sacolas plásticas tem muitas utilidades, porém normalmente […]