31/03/2021

Conheça a IN IBAMA 13/2012

Entre os instrumentos definidos na Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS (Lei 12.305/10), encontramos o Cadastro Nacional de Operadores de Resíduos Perigosos e o Cadastro Técnico Federal de Atividades Potencialmente Poluidoras ou Utilizadoras de Recursos Ambientais. Estes instrumentos estão atribuídos ao SISNAMA – Sistema Nacional do Meio Ambiente – que dispõe como um de seus Órgãos Executores o IBAMA […]
31/03/2021

O que é a NBR 10004/2004?

A Norma Técnica Brasileira 10004/2004 tem por objetivo classificar os resíduos sólidos quanto aos seus riscos potenciais ao meio ambiente e à saúde pública, para que possam ser gerenciados adequadamente. Esta NBR não considera resíduos radioativos, ficando a sob responsabilidade da Comissão Nacional de Energia Nuclear. Qual sua importância? O estabelecimento de uma padronização e codificação dos resíduos facilita o […]
17/02/2021

A inconsciência que degrada, a arte que transforma

Matéria por Ana Rocha O meio ambiente e o resíduo Concordamos que nos últimos 30 anos a humanidade evoluiu em vários aspectos importantes para a nossa sobrevivência. Não podemos dizer que possuímos pouca quantidade de informação sobre como tratar o nosso lixo, já que a internet dispõe de uma tonelada de informações válidas e práticas de como proceder com os nossos […]
25/01/2021

Consulta pública da logística reversa do vidro aberta até dia 05.02, participe!

Consulta pública sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e o Sistema de Logística Reversa de embalagens de vidro. Foi publicada, em 29/12/20, a Portaria nº 641, do Ministério do Meio Ambiente, que abre uma consulta pública sobre a edição de um Decreto que visa regulamentar a Política Nacional de Resíduos Sólidos, mais especificamente o §1º do caput do […]
20/01/2021

Tudo que você precisa saber sobre Gestão de Resíduos de da construção civil

A indústria da construção civil é uma das mais importantes atividades socioeconômicas do Brasil, sendo o maior setor empregador da economia nacional e tendo participação de 6,5%% do PIB Brasileiro. Devido à intensa mudança na paisagem, o excessivo consumo de recursos naturais e a elevada geração de resíduos, o setor é grande degradador do meio ambiente. Ele é responsável por […]

Fonte: Green Savers

A Fruta Feia está a preparar a sua chegada à cidade do Porto, o que deverá acontecer já em Maio, de acordo com o site do projeto. A iniciativa procura consumidores que possam estar interessados em “consumir e evitar o desperdício de fruta e legumes” mas também agricultores da região que não conseguem escoar, devido à aparência, as suas frutas e hortaliças.

O projeto Fruta Feia iniciou em Novembro de 2013 e tem como objetivo canalizar uma parte da produção fruto-hortícola desperdiçada até aos consumidores – a chamada fruta feia, que apesar de ser saborosa e de qualidade tem aspecto imperfeito em termos de cor, formato e calibre. Segundo os autores da iniciativa, o Fruta Feia já evitou o desperdício de 239.785 quilos ds frutas e hortaliças.

Hoje, a Fruta Feia conta com dois pontos de entrega em Lisboa e um na Parede, 51 agricultores, 800 consumidores associados. Todas as semanas, o projeto evita que cerca de 4 toneladas de fruto-hortícolas vão parar ao lixo. Em breve vai chegar também ao Porto.

Segundo a FAO, cerca de metade da comida produzida no mundo cada ano vai para o lixo. O atual desperdício alimentar nos países industrializados ascende a 1,3 mil milhões de toneladas por ano, suficientes para alimentar as cerca de 925 milhões de pessoas que todos os dias passam fome.

 

srzz

 

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo

 

20/04/2016

Projeto Fruta Feia chega ao Porto, Portugal, em Maio

Fonte: Green Savers A Fruta Feia está a preparar a sua chegada à cidade do Porto, o que deverá acontecer já em Maio, de acordo com o site do projeto. A iniciativa procura consumidores que possam estar interessados em “consumir e evitar o desperdício de fruta e legumes” mas também agricultores da região que não conseguem escoar, devido à aparência, […]