11/01/2021

E-commerce pode ser culpado pelo aumento da poluição por resíduos

O pico nas vendas online graças à pandemia teve consequências que vão além da digitalização e mudanças nos hábitos de consumo. Compradores estão tendo dificuldade de descartar corretamente embalagens de produtos e nunca se acumulou tanto papelão nas ruas, segundo a empresa de coleta norte-americana Republic Services. A companhia relatou um aumento de 25% nas coletas de resíduos feitos em residências. Ao […]
07/01/2021

Lei que proíbe utilização de pratos, copos e talheres de plástico entre em vigor em SP

Sancionada em 2020, regra passou a valer a partir do dia 1° de janeiro deste ano. Entretanto, multas e punições previstas no texto original só podem ser aplicadas após regulamentação, que ainda não foi feita pela gestão municipal. A lei municipal nº 17.261, de 13 de janeiro de 2020 proíbe estabelecimentos comerciais da cidade de São Paulo de fornecer aos […]
05/01/2021

“Estamos muito descartáveis”, diz Guilherme Weege, CEO da Malwee

UOL – O que a Malwee está fazendo para diminuir o impacto ambiental? Guilherme Weege – A primeira escolha foi fazer coisas para durar, não fazer coisas descartáveis. Uma média global mostra que, ao longo de um ano, usamos 30% do que está dentro do nosso guarda-roupa, ou seja, não usamos 70%, mas essas roupas consumiram produtos químicos, matéria-prima, trabalho. Será […]
24/11/2020

Comércio grande gerador precisa emitir MTR: novo documento eletrônico para gestão de resíduos

Estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços que gerem no território nacional resíduos perigosos e resíduos não perigosos – como sobras de tecidos, papeis e resíduos equiparados aos domésticos, porém em grande quantidade –, deverão emitir, a partir de 1º de janeiro de 2021, o Manifesto de Transporte de Resíduos (MTR). Estas empresas, consideradas grandes geradores, também devem ter Plano […]
09/11/2020
Foto por Cleber Souza para UOL

Lixo invade estação da linha 6-Laranja do metrô; obra se arrasta há 5 anos

“Aqui é um caos. Às vezes eu acho que não vou ver esse metrô pronto nunca”, reclama André do Nascimento, 58, que mora na Brasilândia, zona norte de São Paulo, há 50 anos. O “metrô” a que ele se refere é a Linha 6-Laranja, que começou a ser construída em 2015, mas teve as obras paradas em setembro de 2016, […]

Fonte: Arquitetura Sustentável

Inspirados na técnica japonesa do Origami, os designers londrinos do Studio Ayaskan criaram um produto que muda completamente a dinâmica de semear e acompanhar o crescimento de uma planta. Isso porque através do vaso que se transforma constantemente seu usuário pode visualizar de maneira mais clara o lento processo de crescimento de um organismo vivo.

Ao mesmo tempo em que oferece uma interação única entre objeto inanimado, ser vivo e usuário, o produto elimina a necessidade do replantio quando a planta atinge um tamanho maior do que o vaso suporta.

Chamado de Growth, que significa crescimento em inglês, o vaso atende fielmente o objetivo a que se propõe: acompanhar toda a vida de uma planta desde o seu plantio até sua morte. Feito com polipropileno por conta de sua resistência e flexibilidade, o vaso conta com uma malha feita com o mesmo material localizada na parte interna que serve para estruturar o objeto e permitir que a água seja drenada. Uma vez que a planta não vive mais, o Growth pode ser dobrado ao seu tamanho inicial e receber uma nova semente. Através de um padrão de Origami cuidadosamente calculado, o objeto, assim como a natureza, cresce e se transforma.

“O ciclo de vida de uma planta é uma constante transformação que parte do plantio da semente até o crescimento da folha, floração e a expansão das raízes. Este é o processo que desejamos capturar.”, explicam os designers Bike e Begum Ayaskan que exibem seu amor pela natureza na criação de suas peças.

Segundo os designers, o Growth contraria os atuais modelos de produção e consumo a que estamos habituados, nos quais consumimos, utilizamos por um breve período e logo em seguida descartamos. Mesmo sendo um objeto artificial ele tenta reproduzir o ciclo natural onde tudo se adapta, cresce, morre e gera novas vidas.

14/09/2015

Growth: O vaso origami que cresce junto com a planta

Fonte: Arquitetura Sustentável Inspirados na técnica japonesa do Origami, os designers londrinos do Studio Ayaskan criaram um produto que muda completamente a dinâmica de semear e acompanhar o crescimento de uma planta. Isso porque através do vaso que se transforma constantemente seu usuário pode visualizar de maneira mais clara o lento processo de crescimento de um organismo vivo. Ao mesmo […]