20/01/2020

Ceasa vai transformar resíduos em adubo para agricultura familiar

Maquinário, adquirido pela Seagri, tratará da compostagem de material orgânico despejado em aterro; meio ambiente, desta forma, é resguardado. O GDF, por meio da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri), adquiriu um maquinário para tratar da compostagem de resíduos orgânicos na Granja do Ipê, unidade da pasta no Park Way. Pelo menos 300 toneladas de hortifrútis descartados mensalmente […]
14/01/2020

Brasil terá 1ª usina de geração de energia por meio de esgoto e lixo orgânico

O Estado do Paraná será o primeiro do Brasil a colocar em funcionamento uma usina de geração de biogás, que transformará lodo de esgoto e resíduos orgânicos em eletricidade para abastecer as casas da região. A companhia de geração de energia CS Bioenergia já possui a Licença de Operação do Instituto Ambiental do Paraná para operar. Segundo a empresa, a […]
14/01/2020

Brasil descarta mais de 30 milhões de toneladas de alimentos

Descartar comida boa. O ato impacta não só a economia e o acesso de milhões de pessoas a uma alimentação saudável, mas também o meio ambiente. No Brasil, o descarte de resíduo orgânico é alarmante: são quase 37 milhões de toneladas por ano, basicamente, restos de alimento — a quantidade é quase 50% de todo o lixo recolhido no país. […]
14/01/2020

Reino Unido quer ser neutro em carbono em 2050

O governo do Reino Unido anunciou ontem sua meta de atingir neutralidade de carbono em 2050. Na análise do Observatório do Clima, o compromisso, programado para ser enviado pela premiê Theresa May ao Parlamento hoje, torna o país, berço da Revolução Industrial, o primeiro membro do G7 a dar tal passo. O novo cenário deverá aumentar a pressão sobre outras […]
13/01/2020

Sem a Polônia, UE aprova compromisso para neutralizar carbono até 2050

Negociações para a aprovação do compromisso demoraram quase 9 horas. Com exceção da Polônia, os líderes da União Europeia (UE) aprovaram nesta quinta-feira o compromisso de neutralizar as emissões de carbono do bloco até 2050. “Acordo para a neutralidade climática em 2050. O Conselho Europeu consegue um acordo neste importante objetivo”, escreveu no Twitter o presidente do órgão, Charles Michel, sem […]

Fonte: Jornal da USP

Pela primeira vez, a artista plástica brasileira Tarsila do Amaral (1886-1973) é tema de uma grande exposição nos Estados Unidos e que contará com 16 obras do acervo do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP, entre desenhos e fotografias, além do catálogo e a capa do programa da Semana de Arte Moderna de 1922, o livro Pau Brasil e a tela O mamoeiro.

Promovida pelo Art Institute of Chicago e pelo Museum of Modern Art (MoMA), a mostra Tarsila do Amaral: Inventing Modern Art in Brazil apresenta cerca de 130 obras da artista e poderá ser visitada até janeiro de 2018 na cidade de Chicago. São pinturas, desenhos, fotografias e documentos produzidos principalmente na década de 1920, período em que Tarsila transitava entre as sociedades de São Paulo e Paris, recebendo influências que resultariam em seu estilo artístico único. Em fevereiro, a exposição segue para Nova York, onde permanecerá até junho 2018 no MoMA.

“A curadoria dessa mostra se pautou não apenas na grande obra pictórica, mas em toda a produção artística, que passa pelos diversos desenhos que formaram a plástica da artista e culminaram em suas telas. Além dos desenhos em conjunto com as telas famosas, a montagem também apresenta uma grande quantidade de documentos que contextualizam a produção artística de Tarsila do Amaral. Esse viés curatorial vai ao encontro do trabalho que é realizado no IEB, de entender que o acervo pessoal é um conjunto que ressalta o processo de criação, e não somente a sua produção final”, explica a responsável pela Coleção de Artes Visuais do Instituto, Bianca Dettino.

Nascida na cidade de Capivari, em uma abastada família do interior paulista, Tarsila do Amaral mostrou desde cedo uma grande vocação para a arte. Estudou piano, pintura e desenho e, junto com Anita Malfatti, Mário de Andrade, Oswald de Andrade e Menotti del Picchia, foi figura central no desenvolvimento da arte moderna na América Latina.

 

 

srzz

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo

 

11/12/2017

Obras do IEB integram exposição inédita sobre Tarsila do Amaral

Fonte: Jornal da USP Pela primeira vez, a artista plástica brasileira Tarsila do Amaral (1886-1973) é tema de uma grande exposição nos Estados Unidos e que contará com 16 obras do acervo do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP, entre desenhos e fotografias, além do catálogo e a capa do programa da Semana de Arte Moderna de 1922, o livro Pau Brasil e […]
03/07/2015

Café derramado se torna obra de arte nas mãos dessa artista

Café derramado se torna obra de arte nas mãos dessa artista Fonte: Hypeness Você já deve ter ouvido aquela famosa frase que quase toda mãe já disse: “para de brincar com a comida, menino(a)“. Ao que tudo indica, a mãe da artista Giulia Bernardelli esqueceu de repetir a frase durante a infância da jovem, hoje com 27 anos e formada na Academic […]