17/02/2021

A inconsciência que degrada, a arte que transforma

Matéria por Ana Rocha O meio ambiente e o resíduo Concordamos que nos últimos 30 anos a humanidade evoluiu em vários aspectos importantes para a nossa sobrevivência. Não podemos dizer que possuímos pouca quantidade de informação sobre como tratar o nosso lixo, já que a internet dispõe de uma tonelada de informações válidas e práticas de como proceder com os nossos […]
25/01/2021

Consulta pública da logística reversa do vidro aberta até dia 05.02, participe!

Consulta pública sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e o Sistema de Logística Reversa de embalagens de vidro. Foi publicada, em 29/12/20, a Portaria nº 641, do Ministério do Meio Ambiente, que abre uma consulta pública sobre a edição de um Decreto que visa regulamentar a Política Nacional de Resíduos Sólidos, mais especificamente o §1º do caput do […]
20/01/2021

Tudo que você precisa saber sobre Gestão de Resíduos de da construção civil

A indústria da construção civil é uma das mais importantes atividades socioeconômicas do Brasil, sendo o maior setor empregador da economia nacional e tendo participação de 6,5%% do PIB Brasileiro. Devido à intensa mudança na paisagem, o excessivo consumo de recursos naturais e a elevada geração de resíduos, o setor é grande degradador do meio ambiente. Ele é responsável por […]
11/01/2021

E-commerce pode ser culpado pelo aumento da poluição por resíduos

O pico nas vendas online graças à pandemia teve consequências que vão além da digitalização e mudanças nos hábitos de consumo. Compradores estão tendo dificuldade de descartar corretamente embalagens de produtos e nunca se acumulou tanto papelão nas ruas, segundo a empresa de coleta norte-americana Republic Services. A companhia relatou um aumento de 25% nas coletas de resíduos feitos em residências. Ao […]
07/01/2021

Lei que proíbe utilização de pratos, copos e talheres de plástico entre em vigor em SP

Sancionada em 2020, regra passou a valer a partir do dia 1° de janeiro deste ano. Entretanto, multas e punições previstas no texto original só podem ser aplicadas após regulamentação, que ainda não foi feita pela gestão municipal. A lei municipal nº 17.261, de 13 de janeiro de 2020 proíbe estabelecimentos comerciais da cidade de São Paulo de fornecer aos […]

Fonte: Green Savers

Criada por Bart Conteiro, esta casa sustentável foi pensada para se fundir o mais possível com a incrível paisagem mediterrânea, num conceito de “arquitetura sem arquitetos”. Conhecida como G-M House, esta residência, eficiente em termos energéticos, equilibra na perfeição as suas curvas e contracurvas modernas com o ambiente tradicional em redor.

As paredes exteriores da casa são feitas de tufos vulcânicos, rochas que se formam ao longo dos anos com os detritos expelidos dos vulcões. Também no isolamento da casa houve preocupação em usar materiais amigos do ambiente e das proximidades, com os painéis de cortiça a serem aplicados na totalidade das paredes.

Fruto comum naquelas paisagem, as peras espinhosas foram mais um recurso natural usado nesta casa paradisíaca. Os construtores misturaram fibras naturais da pêra espinhosa com outros ingredientes locais, como o barro e a cal, conseguindo assim mais um material de construção altamente sustentável. Em adição a este processo, já de si tão ecológico, no interior da casa foram apenas usados materiais recicláveis, ficando completamente de fora o uso de aditivos químicos, resinas ou solventes.

Mas não é tudo. Também as técnicas de arquitetura bioclimática estão presentes em todos os recantos da casa, com o sol, a vegetação, a chuva, o vento, a serem parte integrante do projeto. Esta forma de construir permite minimizar impactos ambientais e reduzir o consumo energético ao máximo, com a sustentabilidade omnipresente, quase numa unidade única com a natureza.

As enormes janelas e o pátio fornecem a tão necessária ventilação em pleno Mediterrâneo, e as largas paredes permitem que a casa acumule energia térmica no Inverno, mantendo-a fresca no Verão. Instalados no telhado da casa, estão também os painéis solares bem como um sistema de recolha de águas pluviais.

Muito mais que uma casa com uma vista de cortar a respiração, este edifício quer ser um elo de ligação entre a tecnologia, as características próprias do local e o uso de fontes de energias renováveis, recuperando leis de construção antigas onde o clima era sempre uma variável da equação.

srzz

 

O que você irá deixar para o mundo?

Conheça o Sou Resíduo

18/08/2016

Casa sustentável na Itália usa cinzas vulcânicas e fibras de pêra espinhosa

Fonte: Green Savers Criada por Bart Conteiro, esta casa sustentável foi pensada para se fundir o mais possível com a incrível paisagem mediterrânea, num conceito de “arquitetura sem arquitetos”. Conhecida como G-M House, esta residência, eficiente em termos energéticos, equilibra na perfeição as suas curvas e contracurvas modernas com o ambiente tradicional em redor. As paredes exteriores da casa são […]